DISSIDENTE-X

NUNCA MAIS QUERO OUVIR ESSA MÚSICA…

leave a comment »

Cavalheiros, tiveram 4 horas. É melhor apresentarem resultados. Sr. Creedy?

A área de Bailey está em quarentena.

Já detiveram todas as testemunhas importantes.

Muito bem. Sr. Etheridge.

Encontraram um dispositivo de gravação…

dentro do sistema de transmissão para emergências.

O CD foi a abertura de Tchaikovsky de 1812.

Acrescente-o à lista negra! Nunca mais quero ouvir essa música!

Sim, Senhor.

Também monitoramos duplamente as escutas dos telefones.

Elas indicam uma alta percentagem de conversas sobre a explosão.

Sr. Dascomb, o que estamos a fazer sobre isso?

Diremos que foi uma demolição de emergência.

Estamos a fazer uma cobertura total pela Rede e pelo Interlink e…

vários peritos foram chamados para atestarem contra…

a integridade da construção Bailey.

Quero que Prothero fale hoje sobre o perigo desses velhos edifícios…

e que alegue que o prédio era o símbolo de um passado decadente.

Ele deve concluir que o novo Bailey se tornará o símbolo do nosso tempo…

e do futuro com que a nossa convicção nos recompensou.

Sr. Heyer?

As nossas câmaras de vigilância apanharam várias imagens do terrorista,

mas a máscara tornou a identificação retinal impossível.

Também conseguimos uma foto da rapariga e Creedy já mandou detê-la.

Quem é a rapariga, Sr. Finch?

Ainda não sabemos, Senhor. Mas estamos a trabalhar em várias pistas.

Algo mais?

Encontramos os foguetes e traços dos explosivos usados em ambos os lados,

mas infelizmente, apesar do alto nível de sofisticação, parece que…

estes dispositivos são de fabrico caseiro…

com produtos químicos de contrabando…

tornando-os muito difíceis de procurar.

Quem quer que ele seja, Chanceler, ele é muito bom.

Poupe-nos às suas anotações profissionais. Elas são irrelevantes.

Desculpe, Chanceler.

Cavalheiros, isto é um teste.

Momentos como este são uma questão de fé.

Fracassar seria semear a dúvida em tudo o que acreditamos,

E em tudo pelo qual lutamos. A dúvida levará este país ao caos novamente…

e não permitirei isso.

Cavalheiros, quero que encontrem esse terrorista…

e que lhe ensinem o verdadeiro significado do terror.

A Inglaterra prevalece!”“A Inglaterra prevalece!”

(Conversa abaixo tida nos estúdios de televisão…)

Acha que o Povo vai engolir mais esta?

Por que não? Esta é a BTN.

O nosso trabalho é divulgar as notícias, não fabricá-las.

Isso é com o Governo.

Diálogo transcrito do filme V for Vendetta.

Após ter destruído um edifício em Londres (Bailey) para demonstrar simbolicamente que poderia fazê-lo e assim, atacar a ideia de invencibilidade do sistema totalitário/governo disfarçado de sistema democrático, que o filme em questão retrata, o personagem “V” torna-se um alvo a abater.

O “Alto Chanceler”convoca o seu Conselho e tem este “dialogo” autocrático-religioso com os seus ministros. Carregado a castanho é a “voz” do ditador a interpelar os seus ministros…

  • Primeiro post pode ser encontrado AQUI

(Ideias não sangram, sentem dor ou amam)

  • Segundo post pode ser encontrado AQUI

(Discurso totalitário.Protótipo)

Caso existam problemas com o que eu escrevo a nível de entendimento conjugados com a falta de talento da minha parte a escrever, um enorme defeito meu…; importa esclarecer o seguinte.

A transcrição deste pedaço de texto do filme em questão, não significa que eu esteja convencido que se devem ir imediatamente fazer bombas artesanais e andar por aí a rebentar edifícios.

quando estivermos mesmo completamente numa ditadura total se deverão rebentar edifícios – caso se consiga fazer tal.

Ainda não é o caso. Apesar dos passos dados para isso nos últimos anos, quer na Europa, quer no mundo, quer neste sitio mal frequentado que dá pelo nome de Portugal.

Uma coisa é certa: em Portugal não vivemos numa democracia, mas sim numa qualquer outra coisa inclassificável que tem aspectos próprios de democracias e tem aspectos próprios de ditaduras e tudo conflui, embora, cada vez mais, com prevalência dos factores anti democráticos que se insinuam cada vez mais nesta sociedade.

Isto é independente do actual partido político que ocupa o governo e finge governar. Com qualquer outro partido político verificar-se-ia a mesma coisa.

Anúncios

Written by dissidentex

22/02/2008 às 12:36

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: