DISSIDENTE-X

GOVERNO E SINDICATOS CONTRA PROFESSORES…

leave a comment »

Post do blog África Minha. Transcrição completa uma vez que está bem escrito e reflecte aquilo que penso acerca do que está a ocorrer, neste momento, na questão da lutas dos professores. Estes estão a começar a ser traídos e bem traídos, mediante o uso de vaselina especial e quem concorre para a traição são respectivamente o Governo e os sindicatos.

JOGO DE SOMBRAS

 

Surpreendidos de forma evidente pela presença maciça de professores na manifestação da sua indignação contra a ministra da educação e contra o governo ― e é preciso dizer que a manifestação também era contra o primeiro-ministro ―, os sindicatos dos ditos precisam urgentemente recuperar o controlo do processo para assim garantirem o “emprego” aos senhores sindicalistas e não perderem a face.

Sabedor disso, o governo não perde tempo em declarar-se “flexível” e a sentar-se à mesa com os sindicalistas em busca de uma “aliança” que os salve a ambos.

Por isso se assiste neste momento a esta coisa aparentemente bizarra de os sindicalistas se declararem satisfeitos à saída dos contactos com membros do governo, e de, ao mesmo tempo, a ministra da educação se declarar irredutível na aplicação das suas tão contestadas “medidas”.

São os sindicatos e os sindicalistas a ajudarem a ministra a não perder a face para, em troca, o governo (através daquilo que vai contratando com os sindicalistas), por sua vez ajudar os sindicatos a “enquadrar” e a controlar os professores, assegurando o poder relativo aos sindicatos, e o “emprego” aos sindicalistas.

Assiste-se a uma entreajuda governo/sindicatos (sindicalistas) ― com os professores a serem chutados para as margens do tapete negocial quando deviam ser eles o centro de todas as negociações.

É neste contexto que se conclui mais uma vez da necessidade da criação de associações cívicas de cidadãos e de classes profissionais (neste caso de professores) a ver se se consegue alterar a dinâmica social das lutas pelos diferentes poderes, rejeitando as anquilosadas estruturas tradicionais (sobretudo sindicatos e Ordens) que mais não são hoje que a emanação dos partidos e das cliques partidárias, estruturas estas que, longe de defenderem os seus filiados, servem mais para manter o controlo do poder sobre estes mesmos filiados e garantir “emprego” a muita gente.

Sempre aos mesmos.

Sublinhados a azul meus. Está mais bem escrito do que se fosse eu a fazê-lo. Tem sido esta a táctica pós manifestação das duas patéticas e pseudo forças em presença: o governo de fracos e de corajosos contra classes profissionais mas omisso em relação a empresas e ao comportamento das mesmas e a praga dos actuais sindicatos.

Isto não augura nada de bom para os professores. Mas estes gostam de apanhar. E tem alguns óbvios problemas de entendimento do que se está a passar.

Anúncios

Written by dissidentex

13/03/2008 às 22:46

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: