DISSIDENTE-X

EDUCAÇÃO EM PORTUGAL. Formação em publicidade aos alunos dos 1º e 2ºciclos. (2)

leave a comment »

JORNAL 1º JANEIRO- CAPA- PROGRAMA MEDIA SMART

(A) No artigo anterior falou-se do lançamento do programa Media Smart. Uma técnica de meter publicidade a martelo nas escolas portuguesas. Essa “publicidade” e a maneira de a ver, a ser ensinada por empresas. Isto é, por juízes em causa própria a defenderem o seu produto.

(B) Falou-se da dimensão existente na Lei de defesa do consumidor (incumbências do Estado) que estará supostamente existente na mesma lei.

(C) De como a médio prazo, os pais, a ser continuada esta lógica, irão ser colocados numa situação em que estarão em conflito com os filhos relativamente ao que comprarem ou não para os mesmos. Querendo contrariar os filhos estarão numa situação em que na escola lhes será dito uma coisa e fora delas( os pais) outra coisa.

  • Continuando para a dimensão direito económico.

(3) A dimensão do direito económico. E das leis justas de concorrência entre empresas.

Aqui chegamos à APAN – associação portuguesa de anunciantes. Na página dos associados verificamos que todas as empresas “pesos pesados” na área da produção/serviços de Portugal, estão lá, ou seja são associados. Os bancos, as empresas de distribuição alimentar, as empresas de Internet, os correios, os produtores de carne, de bebidas, de detergentes, de flocos de milho, de café, peixe e sapatos, combustíveis, roupa, bebidas etc.

Todos os grandes jogadores, estão ali.

LOGOTIPO MEDIA SMARTEstas empresas, ao ser-lhes dado esta ideia ( quero com isto dizer, elas é que fizeram lobby para isto…) de irem para as escolas fazer publicidade, através do programa SMART , conseguiram um privilegiado canal de distribuição comercial das suas marcas e serviços.

Publicidade gratuita paga pelo Estado, isto é, por todos nós, irá através das escolas públicas, sustentar uma parte do orçamento de Marketing de todas estas empresas.

Também providenciará aquilo que as marcas mais gostam: fidelizar consumidores logo desde pequenos. Escravizar mentalmente potenciais consumidores logo desde pequenos.

Demonstra bem a dimensão da insegurança destas empresas que não tem confiança nenhuma no seu próprio produto. Sentindo a necessidade de fazerem lobbi para criarem esta falcatrua gigantesca paga com o dinheiro de todos os contribuintes. Apenas para servir interesses estritamente privados destas mesmas empresas.

O pior ainda é que nada do que aqui está é benéfico para o capitalismo ou para a economia de mercado; nada é benéfico para a sociedade, nada é benéfico para os cidadãos.

É uma forma de comunismo camuflado praticado por empresas. Nada mais.

O mais espantoso é que na lista de empresas existem 4 empresas estatais, pelo menos. CGD e CTT, CP e GALP.

O Estado trabalha contra si próprio.

Ninguém se incomoda com isto.

Mais ainda: conseguem isto, perante a complacência dos partidos políticos os de esquerda ou os de direita, indo objectivamente, contra a lei do país.

Notável.

A APDC, uma honesta, embora pequena associação de consumidores denuncia a situação. Como se pode ver, quer no primeiro artigo – Educação em Portugal, formação em publicidade aos alunos do 1º e 2º ciclo – quer lendo aqui sobre a APDC aqui no jornal Público de 15-02-2008.

Alguém sabe por onde anda a associação de consumidores do partido socialista que dá pelo nome de DECO?

Transcrevo a seguir um excerto da notícia do Primeiro de Janeiro de onde foi tirada a imagem lá em cima e que pode ser encontrada na página institucional da APAN.

O embuste publicitário chama-se “Estimular a análise das crianças face à Publicidade” publicado através de um grande favor no Jornal “O Primeiro de Janeiro” de 22-02-08. Só pode ter sido um grande favor que um jornal com tiragem de 21 mil exemplares, faz publicando uma notícia destas da forma que o faz.

Não é inocente a escolha deste jornal. Pequeno, semi regional. Assim a notícia aparece, mas não aparece muito.

Também é estranho a ideia, isto é, o conceito, de estimular a análise das crianças face á publicidade”. Estimular porquê?

Existe alguma necessidade de ajudar a estimular as análises das crianças face à publicidade?

Há alguma urgência nisso?

Só se for do ponto de vista dos associados da APAN que são, aqui nesta situação, os únicos que tem INTERESSE em que se estimule a publicidade às suas próprias marcas.

Na página de onde se pode fazer o descarregamento do PDF com a notícia do jornal pode ler-se o seguinte:
PROGRAMA SMART- MODULOS E ROBERTO CARNEIRO

O senhor Roberto Caneiro não é perito de coisa absolutamente nenhuma.

Excepto aparecer nos mais variados sítios da área educativa e sem ser educativa a fazer os estragos que se sabem.

Foi o magnifico responsável pela PGA, a prova geral de acesso nos anos 80, que foi o lançamento do ataque ao conceito de escola pública com os tristes resultados que se conhecem.

Repare-se, ainda, no delicioso mas perverso pormenor que está aqui: “exemplos reais retirados do mundo da publicidade nacional, o que constitui forma mais estimulante de transmitir ensinamentos sobre os meios e as mensagens que transmitem.

(4) Vamos até à wikipédia. Mensagem subliminar – parte da persuasão subliminar:

“…A persuasão subliminar seria a capacidade que uma mensagem teria de influenciar o receptor. Segundo a hipótese, toda mensagem subliminar tem um determinado grau de persuasão, e pode vir a influenciar tanto as vontades de uma forma imediata (fazendo por exemplo, uma pessoa sentir vontade de beber ou comer algo), como até mesmo a personalidade ou gostos pessoais de alguém a longo prazo (mudando o seu comportamento, transformando uma pessoa tímida em extrovertida). Esse grau de persuasão deveria variar de acordo com o tempo de exposição à mensagem, e a personalidade do receptor. “

Fácil será concluir que, juntando uma parte à outra; “os exemplos reais retirados da publicidade nacional…” tem um determinado grau de persuasão, e pode vir a influenciar tanto as vontades de uma forma imediata (fazendo por exemplo, uma pessoa sentir vontade de beber ou comer algo), como até mesmo a personalidade ou gostos pessoais de alguém a longo prazo (mudando o seu comportamento,..

Ou estamos aqui a enganar quem?

Transmitir “ensinamentos” é uma forma ” amigável “ de dizer que estão a transmitir mensagens subliminares de apelo à compra de produtos destas mesmas empresas. Estão a educar futuros potenciais consumidores das sua marcas e produtos. Estão a ocupar “espaço” mental.

Do ponto de vista do direito económico e das leis da concorrência isto é também interessante.

As empresas que não pertencem ao “clube APAN” ficam colocadas em extrema desigualdade para quererem concorrer com estes “pesos pesados” da APAN. (A longo prazo)

É uma espécie de ataque preventivo que aqui está. Assegurar os clientes do futuro, mas no presente, sendo que é o Estado, todos nós, que pagamos isto.

Isto agora é capitalismo? Então onde é que está concorrência leal? Pensava que em capitalismo existia concorrência e não clubes privados. Afinal parece que não… temos antes comunismo corporativo.

LMP A MARKETIZAR (5) E quem organiza comunicacionalmente tudo isto?

A LPM, empresa de Luís Paixão Martins, a mesma pessoa/empresa que diz que é necessário encharcar os microfones.

Como se podia ver aqui no Sócrates de rosto humano de há uns dias e nesta imagem mais ao lado.

Os tentáculos desta empresa de propaganda comunicação chegam à campanha de Cavaco Silva, chegam para eleger Sócrates, e chegam para fomentar, como se pode ver na primeira imagem do post em cima do lado esquerdo, a publicidade em escolas.

Não critico directamente a empresa, estão apenas a fazer o seu trabalho e a ganharem negócios para si mesmos. No entanto é estranho que a mesma empresa esteja presente em todos os lados do negócio.

É como se existissem dois exércitos a lutar entre si, aconselhados pela mesma empresa, a LPM.

Repare-se que na notícia do Primeiro de Janeiro.

Repare-se quando se tira uma imagem da página institucional da LPM , a passar em nota de rodapé e o que aparece? A APAN entre muitas outras…

LPM-FAIXA COMUNICACIONAL

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: