DISSIDENTE-X

MEMORANDO DA TROIKA E DO FMI – O BPN E OS SEUS DEMÓNIOS…

leave a comment »

2.10 – As autoridades estão a lançar  um processo de venda do banco português de negócios, com um  calendário acelerado e sem um preço mínimo de venda declarado.

Para este fim, um novo plano é submetido à união europeia para ser aprovado à luz da legislação comunitária sobre concorrência.

O objectivo é encontrar um comprador o mais tardar até ao final de Julho de  2001.

2.11 Para facilitar a venda, as 3 companhias subsidiarias/ holdings especiais em que o banco está organizado, mais os seus bens e negócios não essenciais (core business – nota minha)   foram separados do BPN, e mais bens podem ser transferidos para estas “holdings especiais”  como parte dasnegociações com potenciais clientes.

O BPN está também a lançar projectos mais ambiciosos de redução de custos com vista a aumentar a sua atractividade perante potenciais compradores.

Ø

De uma conversa com diabos financeiros e dos seus lacaios….

Advogado do diabo: Devo ser sincero. A seriedade deste programa depende de quem fica responsável pelos veículos especiais com activos tóxicos…

Demónio Aprendiz malcriado: mas vendem aquela porcaria a quem? E vendem sem um preço mínimo? Agora que o bem está completamente desvalorizado e o comprador, qualquer ele seja,  caso compre escolhe a seu belo prazer…

Lacaio subserviente:  e o comprador pode até não decidir comprar esta coisa, mestres…

Advogado do diabo:  um dos problemas e vigarices deste tipo de esquemas que os humanos corruptos adicionaram ao problema  é que neste tipo de situação costuma ser a entidade que fica com o banco “limpo”; a mesma que o tornou um mau produto financeiro e comercial.

Lacaio subserviente: E também por ser a mesma que o tornou um mau produto e aceita abater os produtos financeiros tóxicas das outras entidades associadas num plano de gestão para “revitalizar.

Advogado do diabo: Neste caso especifico quem geria o banco foi afastado e por isso este tipo de acordo é impossível.

Demónio Aprendiz malcriado: Para o venderem qualquer otário comprador (sem responsabilidades nisto) não quer o resto do pacote. Ingratos, por não quererem comprar uma porcaria…

Advogado do diabo: tecnicamente é isso que se faz sempre, meu pequeno demónio aprendiz malcriado, apenas a adaptação à realidade é que é pouco clara ou mesmo ocultada.

Demónio Aprendiz malcriado: tudo bem, mestre, mas aquilo não vale nada neste momento. Mesmo que se separe partes partes daquilo, o tóxico está sempre ali…

Lacaio subserviente: o problema é que em 3 anos de confusão o valor publico do BPN é zero… a marca não vale nada.

Mestre, mesmo que seja possível dissociar os activos tóxicos torna-se complicado a qualquer otário comprador voltar a lançar a marca ou mesmo um qualquer suicida comprador  que opte por usar a marca nos mesmos balcões e serviços.

Advogado do diabo: exactamente.

Só uma empresa de suicidas ou alguma que tenha mercado garantido para aquilo – por exemplo uma empresa muito grande que meta para lá as suas aplicações financeiras e os ordenados dos seus trabalhadores e mesmo assim… enfim…

Lacaio subserviente: sim mas tinha que ter interesse em estar na banca… quantas existirão?

Demónio Aprendiz malcriado:  nenhum. O único que eu conheço em Portugal é a sonae mas tiveram esses devaneios há mais de 20 anos quando o dono era um empresário com fome de negócios e espírito de inovação. Não o conformado que é agora…

 Advogado do diabo:  talvez até queira… não estou a par… mas de qualquer forma, sobra sempre a questão sobre quem é o designado “burro” que vai quem vai comer o prejuízo dos activos tóxicos e a resposta parece ser o estado. A não ser que aceitem por outro tipo de contrapartidas associadas à venda. Contrapartidas altamente favoráveis…

Lacaio subserviente: Não sabemos dizer-lhe , Mestre. Os nossos demónios inferiores que negociaram o memorando não conseguiram impor com essa precisão tal hipótese. Dava demasiado nas vistas, mestre…

Temos que os enganar, dizendo-lhes que o acordo é bom, mestre….

O que eles não sabem é que o acordo é bom para nós, mestre…

Advogado do diabo: pelo que vi, só pelas noticias das nossas agências de noticias fabricadas por nós, parece que o que está escrito é algo vago e ambíguo, como nós ordenamos.

Demónio coxo zombeteiro: Por isso não se sabe o que vai ser feito concretamente ou sequer a situação real do banco. Gozamos com os humanos daquele país e eles gostam…

Advogado do diabo: Parece-vos que é vago e ambíguo mas está relacionado com outras coisas cozinhadas aqui no nosso pequeno inferno….

Demónio Aprendiz malcriado: que também são vagas e ambíguas, como nós queremos…

Demónio coxo zombeteiro: É por isso que mandamos os nossos lacaios negociadores inserir valores de reduções de despesa  vindos não se sabe de onde, como magia negra.

Lacaio subserviente: e economicamente está ali descrito uma recessão altamente lesiva para os humanos daquela terra. Mas é caos o que queremos…

Demónio coxo zombeteiro: queremos  subir o IVA e  alterar escalões do imposto.

Lacaio subserviente: sim e vai ser feito, mestre…

Advogado do diabo: sim, mas no geral nada daquilo tem alguma coerência – como nós queremos. E não vejo os valores que são postos no negócio do BPN como sendo totalmente exequíveis… que é o que nos interessa…

Demónio Aprendiz malcriado: o que parece faltar é definir a chave do arranque económico. Após tudo aplicado não se sabe muito bem o que irá dinamizar o mercado. Nem parece existir um esforço nesse sentido. São idiotas ou fazem de propósito por acreditarem nisso?

Advogado do diabo: a não ser que se tenham tentado tornar criativos e  isto seja “reaganomics”…. nesse caso é melhor juntar três avé marias por dia.

Demónio coxo zombeteiro: invocar regras do nosso inimigo mortal Deus” para rejeitar a reaganomics, é blasfémia, ò advogado…apesar de a reaganomics ser uma blasfémia também…. Nem nós aprovamos algo tão destrutivo…

Advertisements

Written by dissidentex

09/05/2011 às 19:58

Publicado em FMI, NEO LIBERALISMO ECONÓMICO

Tagged with , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: