DISSIDENTE-X

CAVACO SILVA, E AS MUDANÇAS DE OPINIÂO SOBRE AS AGÊNCIAS DE RATING DE UM ANO (GOVERNO) PARA OUTRO…

...“retórica de ataque aos mercados internacionais”, considerando que é um “erro”…”

“..“A retórica de ataque aos mercados internacionais não cria um único emprego,…”

Cavaco silva, em declarações à comunicação social – dia 10 de Novembro de 2010

Ø

(É) “um exagero muito grande” o corte do rating de Portugal em três níveis realizado pela agência de notação internacional Fitch, sublinhando que a situação portuguesa “não o justifica de forma nenhuma”….”

Cavaco silva, em declarações à comunicação socialdia 1 de Abril de 2011

Ø

“Àqueles que sofrem de ignorância na análise, eu apenas posso recomendar um pouco mais de estudo”, disse Cavaco Silva, em Vale do Lobo (Algarve), onde assistiu ao início da 5.ª Taça de Golfe Portugal Solidário.  

Para o Presidente da República, “não há a mínima justificação para que uma agência de notação altere a apreciação que faz da República Portuguesa, quando há informações de que Portugal está a cumprir tudo o que consta do memorando assinado com a União Europeia e o FMI”.

Cavaco Silva, declarações à comunicação social, dia 9 de Julho de 2011

Ø

“Para serem mais honestos do que eu tem que nascer duas vezes.”

Cavaco silva em declarações à comunicação social – dia 23 Dezembro de 2011.

Ø

Capa do jornal “I” de dia 9 de Julho de 2011

Advertisements

Written by dissidentex

10/07/2011 às 16:32

%d bloggers like this: