DISSIDENTE-X

O PSD, PEDRO PASSOS COELHO E OS CORTES DE SALÁRIOS MAIS OS DESPEDIMENTOS

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou, este sábado, que fez as contas e está em condições de garantir que não será preciso cortar salários nem fazer despedimentos para consolidar as finanças públicas portuguesas.

“Nós calculámos e estimámos e eu posso garantir-vos: Não será necessário em Portugal cortar mais salários nem despedir gente para poder cumprir um programa de saneamento financeiro”, afirmou Pedro Passos Coelho, no encerramento do fórum de discussão “Mais Sociedade”, no Centro de Congressos de Lisboa.

Ø

Pedro Passos Coelho, declarações à comunicação social , dia 30 de Abril de 2011

Ø

“O primeiro-ministro afirmou que haverá redução de funcionários na «administração indirecta do Estado»,…”
Ø
Pedro Passos Coelho, declarações à comunicação social, dia 30 de Julho de 2011

Advertisements
%d bloggers like this: