DISSIDENTE-X

ALBERTO JOÂO JARDIM PROCESSA FRANCISCO LOUÇÂ

A decisão do Executivo madeirense chefiado por Alberto João Jardim foi comunicada no sítio da internet da Presidência do Governo Regional, considerando que as declarações do dirigente bloquista ontem no Funchal “atentam contra o bom nome e honra do presidente do Governo e dos membros do Governo Regional da Madeira”.

“Francisco Louçã irá provar em Tribunal todas as insinuações e calúnias que apontou”, declara a nota emitida pelo *gabinete de Alberto João Jardim.

Ø

Declarações à comunicação social, dia 5 de setembro de 2011.

Ø

Este processo crime intentado contra Francisco Louçã irá ser pago com o próprio dinheiro do senhor Alberto João Jardim;

ou será pago com o * dinheiro dos impostos dos cubanos cidadãos portugueses?

Ø

Em véspera de eleições, Alberto João Jardim assume incapacidade para o pagamento das dívidas a fornecedores e pretende um acordo com o novo governo.

A dívida em 2005 encontrava-se nos 478 milhões de euros, tendo este número subido para 963 milhões de euros, o que perfaz um aumento de 101,5 por cento em apenas meia década.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 22 de Agosto de 2011.

Anúncios
%d bloggers like this: