DISSIDENTE-X

O PSD, CARLOS MOEDAS E OS LIMITES AOS SACRIFÍCIOS IMPOSTOS AOS PORTUGUESES

O general diz que iremos ganhar a guerra; apenas sacrificaremos mais uns milhões.

Ø

Os portugueses que se preparem: “Enfrentámos e enfrentaremos mais dificuldades” no âmbito do processo de ajustamento da economia portuguesa, avisou Carlos Moedas, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro.

Segundo vários economistas presentes no debate, o Governo quer aproveitar a conjuntura de agravamento da crise para justificar e avançar com medidas ainda mais duras, que vão além do memorando assinado com a troika. Daí os desvios na despesa e na receita que vão sendo gradualmente apresentados.’

Ø

Carlos Moedas, secretário de estado e conselheiro financeiro,  notícia da comunicação social, dia 13 de setembro de 2011 .

Ø

Há limites para os sacrifícios que se podem exigir ao comum dos cidadãos.”

Ø

Cavaco Silva, declarações à comunicação social,  dia 9 de março de 2011.

Ø

Decorreram 6 meses entre as duas declarações.

Advertisements
%d bloggers like this: