DISSIDENTE-X

O JORNAL “A BOLA”, COMO EXEMPLO DA PROPAGANDA DAS VITÓRIAS MORAIS DA TRETA

Quando o jornal “BOLA” era um jornal a sério, feito por jornalistas a sério, que percebiam mesmo de futebol, nunca uma capa como esta seria feita.

Mas isso acontecia quando este jornal era um jornal à sério.

Nos dias de hoje, existe apenas a falta de talento.

E existe apenas a vontade de gozar com os leitores do jornal, feita por quem faz o jornal.

Personagens que já estão a  “borrifar-se” para quem lê o jornal e quem o compra.

Ø

Com efeito, para o jornal a Bola, entramos na categoria “vitórias morais de Portugal”…

Não deixa de ser triste observar  um jornal  – que já foi uma coisa de jeito – entrar pelos caminhos da propaganda rasca e do pretenso “elevar do espirito positivo dos portugueses” com a exaltação de pseudo vitórias desportivas de grande importância.

Ø

As “vitórias categóricas”de Braga e Sporting foram obtidas contra o Birmingham City – que está estacionado na segunda divisão inglesa a meio da tabela – e contra o Fc Zurique, que está no lugar 7 ( num campeonato de 10 equipas da suíça, esse país notoriamente conhecido por fabricar bons futebolistas e maus relógios).

O Birmingham City e o Fc Zurique não são equipas constituídas por padeiros e canalizadores que se juntam ao fim de semana para jogar à bola, mas também não são colossos do futebol europeu, longe disso.

Portugal manda na Europa, em quê?

Isto parece uma capa de propaganda feita num qualquer país totalitário ou numa República das bananas sul americana.

Ou ambas.

Advertisements
%d bloggers like this: