DISSIDENTE-X

A DÍVIDA DA MADEIRA E O BOM EXEMPLO SEGUNDO CAVACO SILVA

Cavaco traça rasgados elogios a Alberto João Jardim

O presidente da República, Cavaco Silva, terminou esta noite a visita à Madeira com rasgados elogios a Alberto João Jardim, considerando que o presidente do governo regional é «uma referência incontornável».

Ø

Cavaco Silva, declarações à comunicação social, dia 20 de abril de 2008.

Ø

Ø

Cavaco e PGR conheciam “dívidas ocultas” na Madeira

Cavaco Silva mostrou-se então muito preocupado com o endividamento da região, confirmam ao PÚBLICO deputados madeirenses que integraram as delegações nacionais.

A “grave” omissão de dívidas, que a Procuradoria-Geral da República vai mandar analisar, era também do conhecimento dos representantes do Ministério Público junto da secção regional do Tribunal de Contas (TC) da Madeira. Estes magistrados, designados para o efeito pelo procurador-geral da República, participam nos plenários que aprovaram os relatórios de autorias e os pareceres à conta da região, tendo assinado inclusive os documentos em que aquela instituição, desde que deixou de julgar para emitir parecer sobre conta, denuncia tais infracções financeiras e aponta a respectiva sanção.

Desde pelo menos 1990 que o governo madeirense esconde dívidas. Na apreciação à conta relativa àquele ano, o TC detectou um “défice oculto” de 4,6 milhões de contos (23 milhões de euros).

Ø

Notícia da comunicação social, dia 19 de setembro de 2011.

Ø

Anúncios
%d bloggers like this: