DISSIDENTE-X

O PSD E MIGUEL RELVAS: UM POLÍTICO QUE DEVIA SER CONVIDADO A SAIR DE PORTUGAL DE FORMA PERMANENTE

Ø

OE 2012

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, admitiu hoje que “todas as propostas (para o Orçamento do Estado) são possíveis de ser avaliadas”, incluindo a manutenção de um dos subsídios dos funcionários públicos, como pretende o secretário-geral do PS.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 5 de Outubro de 2011.

Ø

Ø

OE 2012

Miguel Relvas afirmou que “não há almofadas” que permitam manter um subsídio.

O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, disse hoje que “não há almofadas” no Orçamento do Estado para 2012 que permitam manter um dos subsídios salariais na função pública.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 8 de Outubro de 2011

Ø

Decorreram 3 dias entre as duas declarações.

Ø

%d bloggers like this: