DISSIDENTE-X

A REESTRUTURAÇÂO DA DÍVIDA PÚBLICA PORTUGUESA SÓ ACONTECE QUANDO INTERESSAR QUE ACONTEÇA

Ø

1. Uma reestruturação da dívida pública portuguesa é inevitável.

2. As “melhorias”  recentes na zona periférica do euro são uma ilusão.

3. É provável que a Bélgica e a Itália escapem à reestruturação.

Afirma-o Kenneth Rogoff, “académico norte americano”


Reestruturação da dívida significa, neste contexto, que os prazos de pagamento da actual divida portuguesa serão alterados.

Que o montante a pagar aos credores será alterado (reduzido).

Que a forma de pagamento será alterada.

Que o Estado português será alvo de tentativas de privatização de serviços públicos ainda maiores do que está já previsto.

Que o Estado português será alvo de tentativas de eliminação completa das suas funções como forma “não escrita” de aceitação destas reestruturações

Ø

Fonte da imagem:  Wall Street Journal, dia 28 de Janeiro de 2012

Ø

BES perderia 100 milhões de euros se dívida portuguesa fosse reestruturada

Notícia da comunicação social, dia 24 de Outubro de 2011

Ø

Salgado entra no edifício onde decorre conselho de ministros

O presidente do BES entrou hoje pelas 18h05 no edifício onde decorre o conselho de ministros que irá aprovar o orçamento.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 13 de Outubro de 2011

Ø

Portugal não vai precisar de reestruturar dívida, garantiu Passos

Passos Coelho garantiu aos lideres europeus que não vamos precisar de reestruturar a dívida do país. As medidas agora anunciadas favorecem a Grécia, Portugal e Irlanda.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 22 de Julho de 2011

%d bloggers like this: