DISSIDENTE-X

Archive for Fevereiro 2012

O PSD E PEDRO PASSOS COELHO: 2012 SERÁ UM ANO DE VIRAGEM (andando 10 anos para trás, por enquanto…)

Ø

2012 será de “viragem”, garante Passos Coelho
O primeiro-ministro, Passos Coelho, defendeu hoje que 2012 será “inequivocamente um tempo viragem”, em que o défice estrutural baixará “significativamente”, mantendo a previsão desse défice em 2,5 por cento do PIB.

Ø

Declarações absurdas do capataz encarregado pelos mercados de destruir o que resta disto,  comunicação social, dia  20 de Janeiro de 2012

Ø

Deve notar-se que este gráfico é citado a partir do The economist, que, como toda a gente sabe,  é um perigoso jornal comunista…

Fonte

O PSD E PEDRO PASSOS COELHO: A INSTALAÇÃO DA POLÍTICA DA REPRESSÂO DITATORIAL

Ø

Onde antes existia a Pide , agora existe o orçamento de estado que autoriza criações de entidades e de gastos com “segurança”. Chama-se “evolução nos métodos de fazer totalitarismo.

Ø

PM autoriza gastos de até 1,87 milhões de euros pelas secretas

Ø

Ø

Os instrumentos de repressão continuam a ser montados…

SARKOZY, O ANTI DEMOCRATA QUE NÂO QUER REFERENDOS AO TRATADO EUROPEU (se for eleito)

Ø

France’s Sarkozy Rules Out EU Treaty Referendum

PARIS (Reuters) – French President Nicolas Sarkozy said on Monday that if he won re-election he would not hold a national referendum on the new European Union treaty on budget stability and economic governance.

Sarkozy, a conservative, has proposed holding regular referendums on policy if he wins a second term in a two-round presidential election in April and May, but he said it would be difficult to put the EU fiscal compact to a public vote.

“No,” he said, asked by French RTL radio if he would put the treaty to a referendum. “If we’re dealing with a treaty with 200 articles, 250 articles, I can’t see how you’d formulate a clear question.”

Ø

Notícia da comunicação social, dia 27 de Fevereiro de 2012

Ø

Ø

Este é o mesmo Sarkozy que gerou uma onda de cartazes anti Sarkozy , (uma vez que a maioria dos franceses está farta deste senhor) inspirados a partir do cartaz de campanha “oficial” de Sarkozy, já aqui descrito.

Como exemplos:

Ø

Ø

Ø

Ø

Ø

Fonte

LÍDER DA JSD E O COMBATE AO DESEMPREGO: UMA QUESTÂO DE FÉ…

Ø

Ø

O actual  governo do PSD tem como objectivo estar sempre  em busca de uma nova maneira de enganar os cidadãos.

Cada avanço obtido na melhoria da eficiência necessária para alcançar o objectivo conduz inevitavelmente a novos problemas.

Quando os novos  problemas surgem, a lógica do governo do PSD nunca é parar para ver o que está errado, (auto consideram-se infalíveis)  mas sim construir novas maneiras de enganar os cidadãos que permitam contribuir para a sobrevivência do governo do PSD.

Ø

Líder da JSD diz que combate ao desemprego é “questão de fé”

Duarte Marques considera que a resolução do problema é “uma questão de fé” e, em entrevista ao P3, explicita as propostas que poderão ser adoptadas pelo Governo e apresentadas à UE

Ø

Declarações incrivelmente estúpidas do líder da JSD e ofensivas para os desempregados e para a sociedade, sobre desemprego e sobre fé, na comunicação social, dia  23 de Fevereiro de 2012

É claro que o líder da JSD tem emprego garantido fazendo um trabalho onde não se cansa muito nem tem que trabalhar muito, ou sequer de fazer um trabalho útil à sociedade  sendo por isso que teve tempo para proferir estas declarações.

Ø

GOVERNO DO PSD: OS MAGNÍFICOS ÊXITOS (da treta) NOS JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA PORTUGUESA

Ø

Mercado secundário

Juros da dívida portuguesa a dez e a dois anos voltam a subir

Os juros da dívida portuguesa com maturidades de dez e dois anos retomaram hoje a tendência de subida, ao contrário dos títulos italianos e espanhóis, que estão a acentuar a trajectória de recuo das últimas semanas.

As taxas implícitas às Obrigações do Tesouro portuguesas com prazo de dez anos praticadas nos mercados secundários avançavam ao início da tarde para os 12,81%. (…)

Desde que a 30 de Janeiro os títulos portugueses bateram um recorde de 17% de juros na era da moeda única, as obrigações nacionais nesta maturidade iniciaram uma tendência de queda generalizada até 15 de Fevereiro, altura a partir da qual voltaram a subir, até registarem um ligeiro recuo ontem.

As obrigações com prazo de dois anos estão hoje também em alta, com uma taxa implícita de 12,84%,

Ø

Notícia da comunicação social, dia 24 de Fevereiro de 2012

Ø

Ø

«Rating voltará a subir com medidas do PSD»

Carlos Moedas não tem dúvidas de que notas voltarão a subir quando mercados perceberem que PSD vai cumprir as metas de défice

«Assim que os mercados incorporem a informação de que o PSD vai respeitar as metas do défice, e fará tudo o que for necessário para que se cumpram essas metas até porque foi o PSD que sempre anda atrás do Governo para cortar, essas agências voltarão a dar credibilidade a Portugal», assegura.

«Com as reformas que o PSD vai implementar, eu digo-lhe que ainda vão subir o rating, não sei se nos próximos 6 meses, se nos próximos 12 meses, ainda não se sabe quando haverá um novo Governo», acrescentou.

Ø

Carlos Moedas, propaganda notícias da comunicação social,dia 24 de Março de 2011

ASSUNÇÂO CRISTAS – APENAS UMA MINISTRA EXTREMAMENTE INCOMPETENTE QUE ESPERA QUE CHOVA – parte 3

Ø

Ainda é Inverno, mas vários concelhos estão em risco alto de incêndio

(…) Nos últimos dias, tem havido um número significativo de ocorrências. Desde 6 de Fevereiro – um mês onde o usual seria a chuva –, foram registados 3254 incêndios, segundo dados da Autoridade Nacional de Protecção Civil. Só ontem, foram mobilizados 3052 bombeiros e 827 viaturas para combater 372 fogos.

O tempo seco prolonga-se em Portugal desde Dezembro. Até 15 de Fevereiro, 5% do território continental estavam sob seca meteorológica “extrema”, 70% em “seca severa” e os restante 25% em “seca moderada”.

Ø

Notícia da comunicação social, sobre secas e incêndios no inverno português, dia 25 de Janeiro de 2012

Ø

Ø

Devo dizer que sou uma pessoa de fé, esperarei sempre que chova e esperarei sempre que a chuva nos minimize alguns destes danos. Como é evidente, quanto mais depressa vier, mais minimiza, quanto mais tarde, menos minimiza. Se não vier de todo, não perderei a minha fé mas teremos obviamente de atuar em conformidade”, acrescentou a ministra do Ambiente, do Mar, da Agricultura e do Ordenamento do Território.

Ø

Assunção Cristas, notícia sem chuva, mas com muita fé; da comunicação social, dia 21 de Fevereiro de 2012.

Ø

A Liga dos Bombeiros Portugueses revelou nesta quarta-feira que muitas corporações de bombeiros estão sem dinheiro para responder aos actuais incêndios florestais, alertando para a possibilidade de os carros deixarem de combater os fogos por falta de verba para combustível (…)

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), Jaime Marta Soares, disse à agência Lusa que, nesta altura do ano, “não há qualquer tipo de financiamento” para as despesas com os incêndios florestais, que trazem “custos acrescidos às corporações de bombeiros”, que já estão com problemas financeiros devido aos cortes no transporte em ambulâncias de doentes não urgentes.

Ø

Parte 1

Parte 2

SARKOZY E A CAMPANHA ELEITORAL RIDÍCULA QUE ESTÁ A FAZER…

Nicholas Sarkozy, o medíocre e incompetente político da direita francesa mandou fazer um cartaz eleitoral; de recandidatura às próximas eleições presidenciais francesas.

Não existe nada de substantivo ou de eleitoralmente complexo na campanha publicitária de um presidente totalmente falhado e uma criatura absurda e incompetente. (nem no mandato que passou…)

Tenta-se apenas copiar a técnica da campanha de Mitterrand quando concorreu, salvo erro em 1982, com o seu famoso cartaz ” A Força tranquila”:

Os publicitários que defendem a campanha de Sarkozy já perceberam que o candidato é (foi) um idiota chapado.

Então usam o “mar” na imagem”, a par da cabeça de Sarkozy a perscrutar o horizonte para fazer crer que é um visionário que olha para o futuro… (Técnica que começou à uns 30 anos atrás a ser usada.)

Ø

Imensa gente em França começou a fazer cartazes que gozam com Sarkozy (um pouco à semelhança do que se passou em Portugal com Santana Lopes)

Ø

A França Livre (de Sarkozy) ou “estamos fartos dele…”

Ø

Ø

A França “Titanic” celebrando os momentos felizes com a namorada da Alemanha antes do barco se afundar….

Ø

A França transformada em salsicha alemã de tipo “Francforte, jogando com as palavras “France Forte” e aludindo à subserviência de Sarkosy em relação a Alemanha.

Ø

Ø

Ou “Sarkozy, Já chega” , misturada com a imagem do afundamento do Costa concórdia. Aludindo ao comportamento do capitão do barco…