DISSIDENTE-X

Archive for the ‘PETIÇÕES’ Category

PETIÇÃO CONTRA DIAS LOUREIRO NO CONSELHO DE ESTADO – A CORRUPÇÃO POLÍTICA

leave a comment »

Aviso: o post seguinte é pago e contém publicidade.  As respectivas marcas e o uso das mesmas são propriedade dos seus autores. Qualquer violação dos direitos de autor será plenamente sancionada dentro dos limites plenos da lei.

Ø

O blog 5 dias.net, num assomo de irreverência e pundonor, decidiu fazer a única coisa que até agora justifica que aquele blog exista.

Decidiu um dos bloggers lá do sitio, lançar e publicitar uma petição “anti corrupção”.

O objectivo da mesma é expulsar o senhor Manuel (Pai já sou Ministro) Dias (Cerebrum precisa-se Já)  Loureiro do Conselho de Estado Português.

Corrupção, sim, mas tanta não…

Ø

PUB

A petição do blog 5 dias é patrocinada por Cerebrum forte, Edição especial – síndroma Dias Loureiro.

cerebrum-forte-amp

Cerebrum forte – “edição especial Dias Loureiro” representa o mais recente esforço dos laboratórios  Milan-Bullshit no combate à perda selectiva de memória observada recentemente em vários locais do Planeta, especialmente Portugal. Neste ultimo país várias figuras proeminentes   da sociedade local foram severamente afectadas.

Cerebrum Forte é um bio intensificado tratamento contido em 10 ampolas de 10 Ml, dosagem diária recomendada.

Para casos de perda de memória relativa a balanços financeiros e escrituras de constituição de sociedades, os laboratórios Milan-Bullshit recomendam 20 Ml diárias.

Milan Bullshit: sempre perto de si, a fazê-lo recordar de nós! Compre já senão não esgota!

FIM DA PUB.

Ø

Penso que a seguir devemos lançar uma petição para que o blog 5 dias feche as portas…

Em baixo vai ser publicitado o texto da petição.

Encontrei-o no Inbetween, um blog do Pedro Fontela.

Apesar do senhor Fontela ter escrito um artigo violentíssimo contra o Blog Dissidente-x onde, entre muitas outras coisas, me apelida de caquéctico utópico, eu que não guardo rancores, decidi, mesmo assim, divulgar esta petição.

Ø

PUB

O artigo violentíssimo contra o blog Dissidente-x é patrocinado por:

henrykissinger-alterado

Precisará a América de uma nova caquectologia externa é um novo manual sobre caquectologia escrito por um brilhante analista utópico caquéctico dos finais do século 20, inícios do século 21. Henry kissinger explica-nos de forma suave, a nova arquitectura mundial caquectológica e utópica, revelando ainda o seu segredo para a escrita deste livro: toma 10 ampolas de Cerebrum forte – edição especial Dias Loureiro, todos os dias.

Promoção: se comprar nos próximos 15 dias, adquire como oferta, 2 caixa de ampolas Cerebrum forte – edição especial Dias Loureiro, para ajudá-lo a não esquecer o que já leu do livro, quando o começar a ler…

FIM DA PUB

Ø

Penso que é necessário higiene em Portugal e começarmos a livrar-nos dos Loureiros que andam por aí. Ou como diz o Fontela:

“…Sendo um gesto pequeno é importante mandar um sinal que nem todos os cidadãos consideram a corrupção política como algo aceitável. Por favor leiam e se concordarem assinem.

Ø

PUB

O texto da petição para a remoção de Dias Loureiro do Conselho de Estado tem o patrocínio de:

Vídeo Disco triplo MÃO MORTA – “Pai sou ministro e o ar nesta latrina há muito tempo que está a cheirar mal”:

album-ao-vivo-tributo-a-dias-loureiro-mao-morta

Os Mão morta são de Braga e constituíram-se, desde a sua fundação numa das mais irreverentes bandas alternativas da actualidade. Neste concerto tributo ao vivo, um DVD que mostra toda a energia animal, e vegetal e cerebral da banda, decidiram homenagear a coragem viva de um homem que luta contra o esquecimento; Dias Loureiro, e manifestarem a sua repulsa contra o ar desta latrina que já há muito tempo está a cheirar mal – uma reminiscência do seu trabalho discográfico de 1998.

Com o patrocínio de Cerebrum forte, caso adquira um exemplar com 10 cêntimos estará contribuir para o combate à falta de memória na área de São Bento (Lisboa e arredores e Cascais e toda a linha, bem como no bairro da Lapa)

FIM DA PUB

Ø

1. Manuel Dias Loureiro é, por indicação do Presidente da República, membro do Conselho de Estado.
2. Enquanto administrador do Banco Português de Negócios (BPN) viu o seu nome envolvido em diversas irregularidades. Dessas irregularidades resultaram problemas graves para aquela instituição bancária que levaram à intervenção do Estado, com graves prejuízos para erário público. A intervenção da Caixa Geral de Depósitos para salvar o BPN será suportada pelo dinheiro dos contribuintes.
3. Ouvido em Comissão Parlamentar de Inquérito, o ex-administrador e actual conselheiro de Estado desmentiu o vice-governador do Banco de Portugal sobre uma conversa por eles tida, dando assim a entender que este estaria a mentir aos portugueses.
4. Na mesma Comissão Parlamentar de Inquérito, o conselheiro Manuel Dias Loureiro mentiu, como comprovam documentos entretanto tornados públicos, sobre o seu envolvimento num negócio da Sociedade Lusa de Negócios em Porto Rico.

Tendo em conta:
1. Que o Conselho de Estado é um órgão de soberania não electivo que deve merecer toda a dignidade institucional e deve estar, pelas importâncias funções que pode desempenhar em momentos de crise, acima de qualquer suspeita;
2. Que o conselheiro Manuel Dias Loureiro tem assento naquele órgão por indicação do Chefe de Estado, e não por inerência, e que todos os seus comportamentos põem em causa o bom-nome do Conselho de Estado, da Presidência da República e do País;
3. Que mentir a uma Comissão de Inquérito Parlamentar é um acto de enorme gravidade cívica, legal, política e institucional, ainda mais inaceitável quando vindo de um conselheiro de Estado;
4. Que permanência do conselheiro Manuel Dias Loureiro naquele órgão lhe garante imunidade;
Os cidadãos portugueses abaixo-assinados apelam ao ainda conselheiro Manuel Dias Loureiro que, a bem do bom-nome daquele órgão de soberania e da democracia e dando um sinal claro de que não vê o seu cargo como forma de protecção e que quer o cabal esclarecimento de todos os factos, se demita do Conselho de Estado.
E que, caso este teime em não o fazer, o Presidente da República, que o indicou para o cargo, deixe claro que este conselheiro de Estado já não conta com a sua confiança.

Ø

Pode-se assinar esta petição lá em cima na primeira ligação inserida.

OU AQUI

SUÉCIA – VIDEOVIGILÂNCIA.

leave a comment »

A Suécia, um país bastante mais livre do que Portugal está também em perigo. Mas na Suécia, apesar de tudo, as pessoas manifestam-se contra os ataques à sua liberdade. E reagem!

A 29 de Junho de 2008, o parlamento sueco votou uma lei que estabelecia nova legislação intrusiva de escutas e vigilância sobre os cidadãos suecos, e quem mais na Suécia vivesse, que foi aprovada apesar dos protestos na rua e online.

A lógica anti democrática foi a mesma que já vimos acontecer por cá. O respeito à “linha partidária” que impôs disciplina de voto. Existiam deputados que já tinham posições prévias contra a existência de leis deste teor e que as votaram favoravelmente na mesma.

O assunto estava e está também ligado aos problemas das supostas infracções do direito de autor através de transferência por bit torrent ou outras formas. Foi também previamente acompanhada de uma “campanha” de publicitação e propaganda para preparar a opinião pública.

O pretexto é exactamente o mesmo que nos ultimos anos tem sido sempre apresentado para criar leis destas: a “segurança nacional”. (O ministro sueco da defesa argumentou que se a lei não passasse, as forças suecas no Afeganistão estariam em perigo… pelos donwloads dos talibans, presume-se…)

Em nome da segurança nacional uma entidade chamada “FRA”, National Defense Rádio Agency, passará a escutar e a monitorizar qualquer tráfego telefónico e por correio electrónico, sem necessitar de uma ordem do tribunal para o fazer.

O critério de escuta fica à escolha de quem controlar a “FRA”.

A proposta foi obviamente critica por advogados, membros de sites de bit torrente como o Pirate bay, blogers, e no que é algo de ainda mais hilariante, o chefe da agência de serviços secretos sueca, chamada SAPO, que, com esta lei não tem acesso a dados, sem ordem do tribunal, mas a “FRA” tem acesso a dados apenas por sua própria iniciativa.

Ou seja, os “serviços secretos oficiais”( não consegui perceber se existiam “dois serviços” ou não) não podem aceder directamente a escutas, mas uma entidade, penso que privada, que supostamente irá combater a copía de ficheiros terá acesso a todos os dados dos cidadaos suecos.

Isto é uma tentativa de privatizar a segurança, e rebentar com a lei, como instrumento que rege as regras entre as pessoas numa dada sociedade.

Entretanto os protestos continuam, e o assunto que começou nos blogs, passou para os meios de comunicação “normais”; tornou-se “nacional”, onde editoriais de jornais em papel e online, falam constantemente do assunto. O mais irónico da coisa é que o Google, uma empresa notoriamente conhecida por ser pouco adepta de resguardar a privacidade dos seus utilizadores e colectar dados sem autorização, se sentiu “pouco à vontade” e (avisou que iria mudar) mudou os seus servidores. Na notícia do Times online, até dá para que o responsável do Google armado em democrata moralista… diga que aquilo – a nova lei sueca- parece algo que a China ou a Arábia Saudita teriam inventado.

A antiga companhia de telecomunicações sueca, Tella, também mudou. E a Bélgica ameaçou que processava a Suécia, se cidadãos belgas fossem escutados indevidamente.

Entretanto, a polémica continuou a aumentar. Vários meses antes da lei ser aprovada os blogs tinham espaço de difusão limitado. Mas começaram a ter os meios de comunicação com eles, através de petições – uma delas gerou 6.6 milhões de emails de protesto enviados para um dos principais representantes do governo que defende a lei.

Parece Portugal não parece?

Hoje, terça feira, dia 8 de Julho de 2008, adeptos do partido pirata (na Suécia há um pequeno partido chamado “Partido pirata” que defende o download livre e sem restrições e a não existência de escutas…) farão protestos sob a forma de festas, nas cidades de Malmoe e Estocolmo para celebrar o facto de a Suécia se ter tornado uma “República de Bananas”.

O processo de ataque à democracia é feito por “dentro do sistema” e contra as pessoas e é geral, não só em Portugal. Aqui é que se nota mais.

E nota-se mais porque a “apatia” e o deixa andar dos portugueses demonstram a enorme diferença de atitude cívica e apego à democracia que infelizmente existem neste país.

Verificar a lei de segurança Interna.

ERSE QUER QUE CIDADÃOS CUMPRIDORES PAGUEM AS DÍVIDAS DE TERCEIROS

leave a comment »

A ERSE, entidade reguladora dos serviços eléctricos, decidiu fazer de todos nós parvos.

DIVULGUE-SE

Pagantes EDP – Consulta Pública até dia 07 de Julho

Caros(as) Amigos(as),

Há planos que pretendem pôr os cidadãos comuns, bons e regulares pagadores, a pagar as dívidas acumuladas por caloteiros clientes da EDP, num total de 12 milhões de euros e, para o efeito, a entidade reguladora está afazer uma consulta pública que encerra dia 07 de Julho. Em função dos resultados desta consulta será tomada uma decisão. Esta consulta não está a ser devidamente divulgada nem foi publicitada pela EDP, pelo menos que se saiba.

A DECO tem protestado, mas o processo é irreversível e o resultado desta consulta irá definir se a dívida é ou não paga pelos clientes da EDP. A DECO teme que este procedimento pegue e se estenda a todos os domínios da actividade económica e a outras empresas de fornecimento de serviços (EPAL, supermercados, etc.).

Há que agir rapidamente. Basta enviar um e-mail com a nossa opinião, o que também pode ser feito por fax ou carta. www.erse.pt/vpt/entrada/consultapublica

Abaixo segue um exemplo de e-mail a utilizar:

_______________________

“Exmos. Senhores,

Pelo presente e na qualidade de cidadão e de cliente da EDP, num Estado que se pretende de Direito, venho manifestar e comunicar a Vossas Exas. a minha discordância, oposição e mesmo indignação relativamente à “proposta” – que considero absolutamente ilegal e inconstitucional – de colocar os cidadãos cumpridores e regulares pagadores a terem que suportar também o valor das dívidas para com a EDP por parte dos incumpridores.

Com os melhores cumprimentos,

Nome…..

________________

O endereço de correio electrónico para onde devem enviar o protesto é o seguinte: consultapublica@erse.pt

APENAS encontrei hoje dia 27 de Junho de 2008 estes blogs que falam do assunto:

Blog sensojurídico

Blog Open Space

Blog “escolaprof

PETIÇÃO CONTRA APLICAÇÃO DE TAXAS NO MULTIBANCO.

leave a comment »

Existe uma petição contra o lançamento por parte dos bancos comerciais de taxas a cobrar por cada levantamento de dinheiro ou outro qualquer serviço ( consulta de extractos, por exemplo) numa caixa Multibanco. Quer-se aplicar 1.5 euros por cada levantamento de dinheiro ( ou qualquer outro serviço) feito por cada utilizador numa caixa.

A petição foi criada por Rui Martins, o “dono” do blog Movv.org. (Em boa hora foi feita…) A petição pode ser encontrada AQUI e já ultrapassou a 140 mil assinaturas. Convinha acrescentar mais assinaturas a esta petição dado o óbvio interesse da mesma.

Isto porquê?

Porque já começam, subreptíciamente, a serem plantadas “notícias” na imprensa e,especificamente, na que tem mais circulação, para preparar a cabeça das pessoas para que aceitem “alterações” no Multibanco e na forma como este funciona, por causa da “Europa”. Seja por causa da Europa ou não seja por causa da Europa,este tipo de atitudes é inaceitável! (Fonte da imagem: Jornal METRO, edição de dia 12 de Fevereiro, página 5 online-PDF, página 7 em papel)

 

JORNALMETRO-DIA12-PÁGINA5

A Sibs não cria uma “aliança para lutar pelas funcionalidades do sistema nacional”. O que a Sibs está a fazer é a tentar maximizar lucros através da criação de uma economia de escala. Que lhe permitirá, por exemplo, posteriormente, aumentar as taxas cobradas pelos terminais Multibanco colocados em estabelecimentos comerciais; percentagem que actualmente está à volta de 1% a 5% de comissão cobrada ao comerciante que tem por exemplo, terminais de pagamento automático por Multibanco no seu estabelecimento.

  1. Não é pelos nossos lindos olhos.
  2. Nem pela defesa “do sistema nacional”.
  3. Para estas pessoas o dinheiro não tem pátria.

Paralelamente… é uma maneira de “mandar” o odioso da questão para cima da Europa e das alterações que advém da Europa. A cobrança por transacção em caixa Multibanco não vem da Europa.

Recordo-me duma conhecida minha que vive na Bélgica. Veio cá há dois anos tratar de assuntos pessoais e ficou escandalizada com as cobranças de serviços e produtos bancários que cá se faziam e que lá não eram feitas. Outras pessoas conseguirão ter e saber de outros exemplos.

Convinha não deixar morrer este assunto e passar a palavra. Quem é alvo deste tipo de pressão acusa o toque e recua quando sabe que existe oposição a estes esquemas de extorsão.

A petição, hoje, dia 17 de Fevereiro de 2008 chegou às 198.165 assinaturas.

PETIÇÃOMULTIBANCO

 

Written by dissidentex

18/02/2008 at 13:01

TONY BLAIR. Petição contra.

leave a comment »

TONYBLAIR-GEORGEBUSH

O senhor do lado esquerdo da fotografia chama-se Tony Blair.

Foi até há pouco tempo primeiro ministro inglês.

Foi até há pouco tempo um dos responsáveis por muitas asneiras entre as quais a Guerra do Iraque.
Agora está desempregado e ganha a vida a dar conferências bem pagas em Universidades e sítios do mesmo género.

Agora alguém quer fazer de Tony Blair Presidente da comissão Europeia – para substituir essa grande nódoa chamada Durão Barroso. Mais nódoas não.

Como tal existe uma petição online para se assinar e manifestar o desagrado por alguém vir a ser recompensado com um cargo que paga 25 mil euros por mês fora despesas.

Não se deve recompensar pessoas destas.

  • O texto em Português da petição pode ser encontrado AQUI.
  • A página de entrada para assinar a petição (em Inglês) pode ser encontrada AQUI

Written by dissidentex

06/02/2008 at 23:11

HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA.Petição contra o encerramento de Pediatria.

leave a comment »

Tipo de post: pedido de transmissão/ divulgação de uma petição online contra o encerramento de um hospital pediátrico na capital de um país; o único hospital pediátrico da capital de um país.
A todos:
Está a decorrer no site abaixo indicado, uma petição para ser enviada contra o encerramento do Hospital D. Estefânia.
A ideia não é construir um novo hospital pediátrico, mas sim juntar as nossas crianças num hospital com os demais doentes. Isto vem no decorrer da junção de vários hospitais que o governo quer fazer com o tão falado Hospital de Todos os Santos em Chelas. O que eles querem fazer não é uma melhoria, mas sim um retrocesso, pois deixaremos de ter profissionais que lidam exclusivamente com crianças para ter profissionais que lidam com todo o tipo de doentes.
Assim vamos ter os nossos filhos em salas de espera conjuntamente com adultos com as mais variadas doenças. Mesmo que eles digam que o novo hospital vai ter um piso só para a pediatria, mas será uma ou outra especialidade, pois quando as crianças tiverem que ir fazer um RX, umas análises, etc, vão estar em salas de espera comum. Passaremos, ao contrário de Coimbra, Porto, a ser uma cidade sem um Hospital pediátrico, para não falar do se passa lá fora.
Fui alertada para esta petição quando hoje fui ao Hospital D. Estefânia quando hoje lá fui com a minha filha e indicaram-me a fraca adesão que a petição está a ter. Participem, não custa nada. Se a petição para o regresso do Luís Figo à selecção já conta com sete mil e tal assinaturas, não se percebe como esta só vai nas duas mil e pouco.
“AXX” “PXXX”

http://www.petitiononline.com/hde2007

ADENDA: Existe um blog de apoio à campanha e está situado AQUI

Written by dissidentex

18/01/2008 at 14:56