DISSIDENTE-X

Archive for the ‘HIPOCRISIA’ Category

OS ÊXITOS DO PSD: CONFERÊNCIA PARA ENVOLVER A SOCIEDADE CIVIL NO PALÁCIO FOZ CUSTOU MAIS DE 11 MIL EUROS POR DOIS DIAS

Ø

PEDRO PASSOS COELHO - HONESTIDADE E MENTIRA

Ø

CONFERENCIA DA REFORMA DO ESTADO - 11 MIL EUROS

Ø

” A resposta de Moedas surge depois da polémica que ocorreu aquando da realização da conferência, com vários órgãos de comunicação a protestar pelo facto de os jornalistas não poderem citar os participantes, o que, na opinião dos deputados socialistas autores da pergunta, viola a liberdade de imprensa. Na pergunta, os deputados do PS  Pedro Delgado Alves, Maria de Medeiros e Manuel Seabra criticam que a conferência tenha sido anunciada como iniciativa aberta e afinal ter restringido a cobertura noticiosa, com vários órgãos de comunicação a fazer black out ao evento. Os deputados lembram que, “no quadro constitucional em vigor entre nós, a liberdade de imprensa representa uma liberdade fundamental indispensável à salvaguarda do regime democrático”, e defendem que, tratando-se de uma iniciativa “co-organizada pelo governo, se impõe o respeito integral pelo regime dos direitos, liberdades e garantias”.
Na resposta, Carlos Moedas justifica a opção por uma conferência à porta fechada, sem que os jornalistas pudessem citar directamente os participantes, dizendo que a responsável pela organização do evento, Sofia Galvão, informou o executivo de que “iria utilizar regras sobre atribuição de citações habitualmente aplicadas em encontros nacionais e internacionais, regras essas que visam encorajar uma discussão descomprometida, interactiva e profícua”. O responsável clarifica ainda que, ao contrário do que foi tornado público, o executivo não irá divulgar qualquer síntese do que aconteceu e os registos em vídeo apenas servem para arquivo e que “contribuíram para a tarefa de elaboração do relatório final”.”

Ø

Notícia da comunicação social, dia 20 de Fevereiro de 2013

Ø

PEDRO PASSOS COELHO - CONTRA O DESPESISMO DO ESTADO EXCEPTO SE NOS BENEFICAR A NOS

MIGUEL RELVAS, “UM CHICO-ESPERTO” SEM UM PINGO DE VERGONHA NA CARA (O CDS e o PSD tem que ir embora)

Ø

PEDRO PASSOS COELHO E MIGUEL RELVAS - PROPAGANDA

Ø

MIGUEL RELVAS - EXPRESSO - DESEMPREGO JOVEM

Ø

Notícia da comunicação social, sobre um chico esperto que faz propaganda,dia 17 de Fevereiro de 2013

Ø

MIGUEL RELVAS APAIXONADO

Ø

Capar da Revista do Correio da manha, dia 16 de Fevereiro de 2013

Ø

Há um dia de intervalo entre estas duas notícias e é espantosa a lata desta pobre desculpa para ser humano.

Quando é que este tipo ganha vergonha, se comporta como um homenzinho e se vai embora e de preferência pede outra nacionalidade? E desaparece?

Written by dissidentex

19/02/2013 at 13:58

VÍTOR GASPAR, UM PSEUDO MINISTRO TOTALMENTE INCOMPETENTE OU A DÍVIDA PÚBLICA PORTUGUESA QUE AUMENTA, AUMENTA…AUMENTA…(O CDS e o PSD tem que ir embora)

Ø

Ø

O “Grande Gaspar” que é inflexível e durão com todas as pessoas-; com este senhor baixa as calcinhas e dá o dinheirinho para a Madeira…

Ø

Notícia da comunicação social, dia 21 de Novembro de 2012, sobre a coragem do ministro das finanças que enfrenta Alberto João Jardim, com um saco de dinheiro…

Ø

E adivinhe-se de onde vem o dinheirinho para estas brincadeiras?

Do facto de a IGCP – tutelada pelo Ministério das Finanças –  passar o tempo (de dois em dois meses) a emitir divida ( isto é, a pedir dinheiro emprestado...) é um pormenor de somenos importância…

Ø

Notícia da comunicação social, dia 21 de Novembro de 2012

Ø

O TORNADO NO ALGARVE, MIGUEL MACEDO, PEDRO PASSOS COELHO E A INCOMPETÊNCIA DE UM GOVERNO QUE JÁ CHEIRA A PEIXE PODRE (O CDS e o PSD tem que ir embora)

Ø

Ø

Um tornado acontece no Algarve. O ministro da área política respectiva recusa-se a ajudar as vitimas.

Ø

Aos pedidos de auxílio da autarquia, Miguel Macedo respondeu que a situação exige “medidas transversais” ao nível da administração central, mas não se quis comprometer. Os apoios que existem, exemplificou, são os mesmos que foram definidos pela resolução dos conselhos de ministros, após o grande incêndio nos concelhos de Tavira e São Brás de Alportel, no verão passado. Para já, o trabalho que deve ser feito, disse, é definir “prioridades, e fazer o levanto preciso das situações”.

(…)

Já no que toca às ajudas que os autarcas e população aguardavam, o ministro recusou assumir responsabilidades. O que as pessoas esperam numa circunstância desta, afirmou: “Em primeiro lugar, a presença do Governo; em segundo, que sejamos tão eficientes e tão eficazes, quanto reconhecidamente fomos noutras situações”.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 17 de Novembro de 2012

Ø

Ø

“Lamento que não tenha sido possível da parte do senhor ministro da Administração Interna uma declaração mais esclarecedora quanto à intervenção do Governo”, afirmou Pedro Passos Coelho, durante uma conferência de imprensa conjunta com o Presidente da República, no final da XXII Cimeira Ibero-Americana, em Cádis, Espanha, sobre as declarações de Miguel Macedo sobre a atuação do Governo na sequência da tempestade no Algarve.”

Ø

Todas as pessoas do planeta Terra perceberam que o cadáver político e social que ainda é primeiro ministro estava a tirar o tapete ao cadáver político que é o ministro da administração interna.

Mas afinal não era assim…

Ø

Ø

Notícia irónica da comunicação social, dia 17 de Novembro de 2012

Ø

PROFESSORES

Ø

A cultura dos professores (Cultura cívica, social, política e económica ) enquanto classe de enorme importância e à qual a restante população dava importância, começou a ser degradada em meados nos anos 80.

Os próprios trabalharam para isso.

Nessa altura, e posteriormente, os professores, enquanto classe profissional, apenas se preocupavam com promoções, carreiras e remunerações, sempre mais altas… sempre a subir…

Ø

Em 2012, chegamos à época da sodomização linear da classe docente desenvolvida por um matemático que mal saiu das árvores.

Conjuntamente com o bando de rufiões a quem foi deixado corromper isto ainda mais do que já estava; vai promover um despedimento colectivo de mais de 20 mil professores.

Perante tal sodomização linear da classe docente…  ninguém pia.

Ø

Perante coisas menos piores, oriundas do anterior governo, o histerismo hipócrita e falso da classe manifestou-se em decibéis e manifestações.

Basicamente apenas merecem que se diga: vão-se foder.

Ø

Como classe profissional , sem princípios e sem ética, que se deixou corromper… *

calam-se.

Para não lhes tocar a eles, (a sodomização linear), mas sim ao do lado.

Típico.

É o espelho actual “da classe” em todo o seu esplendor.

Ø

Pactuam com a instauração da corrupção social e política em nome do economicismo e da religião política totalitária que se chama neoliberalismo.

 

Pactuam com a instauração da discriminação.

Ø

No mercado do totalitarismo uma classe vira de lado por omissão.

* Há excepções (poucas) a esta opinião.

DA CORRUPÇÃO – OS QUE ALINHAM COM ISTO.

Ø

Ø

Engana-se quem pensa que a sociedade portuguesa está como está porque “é azar” ou “foi por acaso”.

Nada é por acaso.

Nada foi por acaso.

Ø

Caminhou-se durante algum tempo, para chegar aqui .

Um “certo e específico “trabalho” de engenharia social que levou aos resultados a que assistimos.

A degradação de qualquer ideia de vida cívica e cidadania. À degradação da decência.

Ø

É o trabalho de engenharia social reversível?

É reversível.

Mas como se pode ver em relação a um cartaz que por aí circula…existem alguns equívocos…

“Você poder deter a corrupção?”

…existem alguns equívocos…bastantes equívocos.

Ø

Ø

Pergunta-se?

Será que se quer?

Existirá quem queira, não a maioria das pessoas.

Os portugueses são um povo de merda, que pactua com a corrupção, sob todas as suas formas.

A maioria das pessoas gosta desta esterqueira.

E há muitos vendidos.

Ø

A maior parte das pessoas é corrupta – moralmente corrupta – e não no sentido cristão do termo (essa é outra forma diferente de corrupção) – e alinha com esta merda julgando vir dai a receber benefícios.

O resultado é o que se vê.
E poderia ser algo de diferente?

Ø

Quanto aos cabrões de extrema direita que julgam que este discurso constitui apoio às suas posições, vão-se foder!

Written by dissidentex

25/07/2012 at 10:56

PINGO DOCE: VÃO ENVIAR A CONTA DA PROMOÇÃO DE 50% AOS FORNECEDORES…

Ø

Pingo Doce começou a cobrar custo da promoção de 50% a fornecedores

O hedonismo comercial irresponsável e relativista (mas de ética cristã pura e cristalina…) envia as contas a terceiros. Esta é uma empresa que deve ser considerada predatória, indesejável e personna non grata em Portugal.

 – Pratica-se  dumping e preços predatórios; – Com uma promoção ilegal de 50 % de desconto sobre os produtos postos à venda;
– Após  a terem colocado em perigo físico os clientes com a confusão que se seguiu;
– A polícia de segurança publica teve que ser alocada para para conter os desacatos nas lojas deles; essa não é a função principal da polícia;
– Após terem atacado o dia primeiro de maio como dia do trabalhador, tentando transformá-lo em dia do consumidor.

Esta empresa indesejável, irresponsável, e perigosa para a economia portuguesa, que ataca pequenos produtores expulsando-os da sua área de vendas, depois de lançar a confusão, vem fazer repercutir os preços da promoção nos fornecedores.

Ø

UMA EMPRESA QUE É UMA VERGONHA PARA PORTUGAL E UM EMBARAÇO PARA OS PORTUGUESES.

“DUAS PESSOAS JÁ FAZEM UMA MANIFESTAÇÃO” OU A INCOMPETÊNCIA TOTAL DA PSP COMBINADA COM OS TIQUES DITATORIAIS DO ACTUAL GOVERNO

Ø

A Polícia de Segurança Pública considera que “duas pessoas já fazem uma manifestação” e que qualquer manifestação tem de ser comunicada à Câmara Municipal. É esta a justificação dada para que a PSP tenha proibido a presença do Movimento Sem Trabalho junto de um centro de emprego de Lisboa, em Março. Quinta-feira uma das ativistas foi constituída arguida “por crime de desobediência”.

Um membro do Movimento Sem Trabalho foi chamado quinta-feira à Divisão de Investigação Criminal da PSP, constituído arguído e acusado de “crime de desobediência”, porque, a 6 de março – dia Mundial do Desempregado -, participou numa manifestação de “quatro elementos que tentaram distribuir panfletos sobre as ações dos Sem Trabalho à porta do Centro de Emprego do Conde de Redondo”, em Lisboa, conta Ana Rajado, uma das dirigentes do movimento criado em março.

“Quando lá chegámos, já lá estava a polícia que pediu a identificação de um de nós”, explica. Essa pessoa acabou por ser notificada e acusada de “crime de desobediência por ter convocado uma manifestação sem autorização”.

“Achamos que se trata de uma perseguição política para intimidar as pessoas, afirma Ana Rajado.

“Duas pessoas já fazem uma manifestação”

A porta-voz da PSP, Carla Duarte, argumenta que perante a lei “duas pessoas já fazem uma manifestação” e que “a PSP não tem de justificar a sua atuação”. Acrescenta ainda que no caso em questão se tratou de “um grupo de oito pessoas e não de quatro” e que a notificação da pessoa em causa se deveu a “não ter comunicado à câmara de Lisboa” a organização do protesto.

A PSP invoca o Decreto-Lei n.º 406/74 e um parecer da Procuradoria Geral da República de 1989 que indica que “manifestação será o ajuntamento em lugar público de duas ou mais pessoas com consciência de explicitar uma mensagem dirigida a terceiros”. A legislação de 1974 também diz que “incorrerão nas penalidades do crime de desobediência” quando “as pessoas forem surpreendidas armadas” (artigo 8). Neste caso, os panfletos terão sido a ‘arma do crime’?.

Entretanto, o Movimento Sem Emprego disse ao Expresso que a arguida vai “proceder criminalmente quem fez a denúncia, a PSP e quem deu seguimento ao processo”. Ana Rajado considera que se trata de “um contra o Estado de Direito” digno dos tempos do Estado Novo.

Ø

Notícia totalitária da comunicação social, acerca das tristes figuras a que a PSP se presta a fazer, ao deixar-se tratar com esta indignidade por um governo de proto totalitários, e aceitar respaldar as instruções do incompetente que é ministro da administração interna, dia 27 de Abril de 2012.