DISSIDENTE-X

Archive for the ‘SÍTIOS MAL FREQUENTADOS’ Category

PORTUGAL, UM PAÍS SEMI ANESTESIADO E QUE RECUSA MUDAR

Ø

Um pais semi anestesiado.

Em que corruptos e imbecis chegam ao poder e a maior parte da populaçao ainda aplaude como se fossem focas de circo amestradas ou nao se importa.

E perante o evidente descalabro, nao muda, o que é o mais grave.

Parece que há um fascinio pelo abismo por parte dos portugueses.

Olhar para lá deve ter propriedades de intensificação do desejo sexual…

Só assim se explica o actual estado da situação.

Ø

Estamos em 2013 e os palhaços corruptos e traidores ainda estão em funções.

Anúncios

Written by dissidentex

20/03/2013 at 20:25

MIGUEL RELVAS E A UNIVERSIDADE LUSÓFONA – HÁ EMPRESAS MALVADAS QUE RECUSAM CERTIFICADOS DE LICENCIATURAS A LICENCIADOS DA UL ( vejam só…)

Ø

Manuel Damásio admitiu que casos como o de Miguel Relvas têm um impacto negativo na credibilidade da instituição, penalizando os próprios alunos.

“Nós sabemos, neste momento, que incrivelmente há empresas que estão a recusar os certificados da licenciatura dos alunos da Lusófona, porque dizem que essa é aquela universidade onde há problemas. Isto é uma situação incrível de ignorância de pessoas que não sabem o que são direitos humanos e o que é respeitar o bom-nome das pessoas”, lamentou o responsável.

Questionado sobre os motivos que levaram a universidade a anunciar que vai desencadear uma auditoria externa aos processos semelhantes ao de Relvas, Damásio explicou que se tratou de uma “sugestão dos próprios estudantes”, para afastar as dúvidas que pairam sobre a credibilidade da instituição.

“Não vejo necessidade disso, mas aceito que se faça”, acrescentou.

Ø

Em entrevista à TVI, Manuel Damásio afirmou que desde 2006, altura em que entrou em vigor a reforma de Bolonha, a Universidade Lusófona avaliou 89 processos de alunos que pediram equivalências de créditos invocando a sua experiência profissional e pessoal.

“Cada processo é único. É evidente que não há nenhum [processo] que tenha de memória que tenha tido este número de créditos, pode ter sido aproximado. Normalmente são menos [créditos]. Mas o currículo do doutor Miguel Relvas não é um currículo qualquer”, afirmou o administrador da Lusófona.

Manuel Damásio acrescentou que está em causa um currículo “mais rico em experiência profissional, inclusivamente de produção de textos legislativos como secretário de Estado ou como ministro”.

A Universidade Lusófona considerou que a experiência profissional de Miguel Relvas equivalia a 160 dos 180 créditos totais da licenciatura de Ciências Políticas e Relações Internacionais, curso que o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares concluiu ano lectivo 2006/2007.

Ø

Notícia profundamente  hilariante da comunicação social, dia 9 de Julho de 2012

Ø

O PSD, MIGUEL RELVAS, HELENA ROSETA, PEDRO PASSOS COELHO E O NEPOTISMO

Ø

Helena Roseta conta um caso edificante passado com Miguel Relvas.

Ø

Ø

TRANSCRIÇÃO DO VÍDEO

(…) É uma historinha que eu ainda quero contar sobre o ministro Relvas… (…)

É uma historiaque se  passou comigo, não tem nada a ver com o relatório da ERC, não tem a ver com este conflito em particular do publico … eehhh, mas tem a ver com a figura do Miguel Relvas. Eu acho que o Miguel Relvas é uma pessoa trabalhadora, rápida, é diligente, anda com uma velocidade acelerada, sempre andou… à uma certa altura ele era secretário de estado do poder local e eu era presidente da ordem dos arquitectos. e o Miguel relvas falou-me para eu ir lá falar com ele porque havia uma possibilidade de haver uma acordo entre a secretaria de estado e o ordem dois arquitectos e la fui eu,

 e o acordo era sobre um programa chamado foral que se destinava a fazer formação dos arquitectos municipais com verbas comunitárias.

Encantados, nós temos centenas de arquitectos nas câmaras municipais , temos o maior interesse em fazer formação, sim senhor.

Mas havia uma condição!

E a condição era simplesmente esta.

A formação tinha que ser feita pela empresa do Doutor Passos Coelho.

E eu fiquei passada e disse:

Desculpe lá senhor secretário de estado, nessas condições não há acordo nenhum,

e não houve!

O passos coelho nessa altura era um empresário, legitimamente, tinha a sua empresa que fazia as suas actividades, tudo isto perfeitamente legitimo.

O que eu achei completamente excessivo foi o secretario de estado dizer-me a mim na minha qualidade de presidente de um órgão publico que era a ordem dos arquitectos …

Nós fazemos isto com vocês, desde que vocês contratem a empresa deste senhor.

Azar dos tavóras , esse senhor dessa empresa é hoje o primeiro ministro e que manda no doutor Relvas.

Isto para mim…

Ø

Ø

Nepotismo (do latim nepos, neto ou descendente) é o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes (ou amigos próximos) em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos.

Wikipedia

SELECÇÃO NACIONAL DE FUTEBOL – OS CAMPEÕES DA VAIDADE, DA SOBERBA E DA ARROGÂNCIA

Ø

Depois de terem obtido uma vitoriazinha contra uma equipa transparente a defender e inócua a atacar chamada Holanda, os soberbos heróis nacionais  (vaidosos, arrogantes e cheios de soberba e de mania)  incapazes de perceber o que é a gloria e a transcendência verdadeiras, exigiram vassalagem na comunicação social com um comportamento absolutamente parvo e desfasado da realidade.

Para acompanhar, surgem umas declarações perfeitamente tontas e disparatadas, relacionadas com hipotéticas perseguições que só existem na cabeça destes frívolos principescamente bem pagos, feitas pelo treinador deste bando de aleijados emocionais, bando esse que se está totalmente a borrifar para o país.

Nem sequer como táctica de Team Building e criação de espírito de corpo esta conversa e estes actos  destes vaidosos cheios de soberba se aproveita…

Falta tudo a estas pessoas.

Ø

O grupo de trabalho da Seleção Nacional decidiu não falar na passagem pela chamada zona mista, onde estavam os jornalistas presentes no Estádio Metalist, em Kharkiv. Não foi dada explicação oficial, mas percebeu-se tratar-se de uma medida em protesto pela forma com que foram tratados nos últimos tempos.

Ø

Demonstração de arrogância sob a forma de notícia da comunicação social, dia 18 de Junho de 2012

Ø

A criatura que supostamente comanda este grupo de vaidosos tenta representar José Mourinho, (isto é, uma cópia mal feita de José Mourinho).

O seleccionador nacional da Nike – Bes –  Jorge Mendes – Galp- Pinto da Costa, tentando demonstrar que está unido, uno e em estado Zen de sincronia com os arrogantes a quem tem dificuldade em dar ordens, veio falar dizendo que quem critica deveria atacar o treinador em vez dos vaidosos pomposos que encharcam a paciência dos mais santos com as suas demonstrações de vaidade e arrogância continuas.

Quando existir um treinador para atacar…

Ø

Deixem-nos em paz, critiquem o treinador. Mas isto vai continuar. A grande maioria estará com uma felicidade imensa, outros estarão tristes. Mas já estarão outra vez a afiar as facas e a comprar cachecóis da Rep. Checa para ver se nós saímos.

Ø

Demonstração de arrogância sob  a forma de notícia da comunicação social, dia 17 de Junho de 2012

Ø

Narcisismo descreve a característica de personalidade de paixão por si mesmo.

A palavra é derivada da Mitologia Grega. Narciso era um jovem e belo rapaz que rejeitou a ninfa Eco, que desesperadamente o desejava. Como punição, foi amaldiçoado de forma a apaixonar-se incontrolavelmente por sua própria imagem refletida na água. Incapaz de levar a termos sua paixão, Narciso suicidou-se por afogamento.

Wikipedia

Ø

Mas quem é que estas pessoas julgam que são para estarem a fazer Blackouts  e para que o chefe deles venha queixar-se de falta de apoio e que são feitas criticas?

Já ganharam alguma coisa?

Deviam era ter respeito pelas pessoas que os apoiam  – QUE FAZEM O FAVOR E O SACRIFÍCIO DE OS APOIAR  – e deviam ter respeito pelo país.

Written by dissidentex

19/06/2012 at 11:17

OS SERVIÇOS SECRETOS PORTUGUESES E OS SERVIÇOS SECRETOS ESPANHOIS: UNS TEM MIGUEL RELVAS, OUTROS…NÃO.

Ø

Em Espanha, apesar de tudo há patriotismo, e os serviços secretos espanhóis, tentam defender Espanha.

Estão convencidos que os meios de comunicação anglo saxónicos,querem danificar a economia espanhola, usando a amplificação de notícias negativas sobre Espanha, para o fazer.

Sabendo-se quem são os accionistas detentores dos meios de comunicação anglo saxónicos e os contactos destes, percebe-se claramente esta preocupação de Espanha.

Ø

But at least Spain now has someone to blame: the country’s intelligence services are investigating the role of British and American media in fomenting financial turmoil, the respected El País daily reported .

The newspaper said the country’s National Intelligence Centre (CNI) was investigating a series of “speculative attacks” against the Spanish economy amid bond market jitters about the country’s growing national debt.

“The (CNI’s) economic intelligence division … is investigating whether investors’ attacks and the aggressiveness of some Anglo-Saxon media are driven by market forces and challenges facing the Spanish economy – or whether there is something more behind this campaign,” El País said.

The report follows claims from prime minister José Luis Rodríguez Zapatero’s socialist government that speculators and newspaper editorial writers had launched a concerted attack.

The Financial Times has been especially critical of the government’s handling of the Spanish economy in recent weeks. It has been joined by the Economist and other publications which have questioned Zapatero’s economic management.

The newspaper said its report was based on “various sources” but said CNI sources declined to comment. Officials at the defence ministry, which runs the CNI, and Zapatero’s Moncloa Palace offices were unable to confirm or deny the report.

Public works minister José Blanco, who is deputy leader of the Socialist party, has already said “somewhat murky manoeuvres” were behind market pressures on Spain. “Nothing that is happening, including the apocalyptic editorials in foreign media, is just chance. It happens because it’s in the interest of certain individuals,” he said recently.

“Now that we are coming out of the crisis, they do not want the markets to be regulated so they can go back to their old practices,” he added.

El País reported last week that Zapatero had made a similar allegation to his party’s executive committee.

Today it reported the prime minister had insinuated the media were part of a bigger offensive against the euro.

Ø

Notícia do Guardian, dia 14 de Fevereiro de 2010

Ø

Já em Portugal, temos os serviços secretos portugueses, a fazerem colecção de dados pessoais de outros portugueses, como se isso fosse urgente ou necessário para defender o país de quaisquer interferências estrangeiras.

Como se isso fosse a sua primária competência.

O chefe dos serviços secretos portugueses,entretanto, foi( ou já lá estava) trabalhar para uma empresa privada portuguesa.

O dono deste jornal tem como accionista (Ongoing) uma empresa com a qual tem andado às turras, nos últimos anos, daí este jornal dar destaque a este assunto.

Qque é apenas um assunto de cano de esgoto e demonstra no que o dinheiro dos contribuintes portugueses é gasto, já para não falar da óbvia falta de patriotismo  destas pessoas que estão à frente de serviços secretos.

Ø

Notícia da comunicação social, que está contra os serviços secretos e os seus responsáveis, apenas por razões tácticas e circunstanciais, dia 19 de Maio de 2012.

Ø

Num telefonema à editora de política do jornal, na quarta-feira, Miguel Relvas ameaçou fazer um blackout noticioso do Governo contra o jornal e divulgar detalhes da vida privada da jornalista Maria José Oliveira, de quem tinha recebido nesses dias um conjunto de perguntas relativas a contradições nas declarações que prestara, no dia anterior, na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

(…)

Ø

Notícia da comunicação social, dia 18 de Maio de 2012

Ø

Ou seja: (a partir da notícia do Expresso)

“… Entretanto, o Ministério Público ordenou que fossem apagados os ficheiros armazenados nos telemóveis do ex-diretor do SIED, que incluiam milhares de contactos de figuras públicas e políticas, nomeadamente, aspetos da vida privada e orientação sexual dos visados.

Ou seja: (a partir da notícia do Público)
” …Num telefonema à editora de política do jornal, na quarta-feira, Miguel Relvas ameaçou fazer um blackout noticioso do Governo contra o jornal e divulgar detalhes da vida privada da jornalista Maria José Oliveira, de quem tinha recebido nesses dias um conjunto de perguntas relativas a contradições nas declarações que prestara, no dia anterior, na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.
Já em Espanha:
” … Public works minister José Blanco, who is deputy leader of the Socialist party, has already said “somewhat murky manoeuvres” were behind market pressures on Spain. “Nothing that is happening, including the apocalyptic editorials in foreign media, is just chance. It happens because it’s in the interest of certain individuals,” he said recently.
Ø
Mas a diferença de patriotismo e de concepções do que devem ser serviços secretos são assinaláveis… entre um país e outro.

BPN: FRAUDE NO BPN CHEGARIA PARA PAGAR 3 ANOS DE SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E DE NATAL

Ø

Em cima: capa do DN de dia 29 de Abril de 2012

Ø

O Estado terá assumido 80 milhões de ativos tóxicos do BPN relativos a dívidas de Duarte Lima, Arlindo Carvalho, antigo ministro da Saúde e José Neto, antigo secretário de Estado, aponta o Correio da Manhã. O Banco Português de Negócios faz este domingo a manchete das edições de dois jornais, com o Diário de Notícias a entrevistar Miguel Cadilhe sobre o mesmo dossier. “A maior fraude na banca portuguesa”, diz o antigo ministro das Finanças.

O Correio da Manhã conta na edição de hoje que os créditos foram colocados numa sociedade do Estado antes da venda ao banco BIC, por ter sido considerado que os 80 milhões de euros eram de difícil recuperação.

Cabe agora à sociedade Parvalorem recuperar as dívidas. O grupo Pousa Flores, de Arlindo Carvalho e José Neto, tinha créditos no valor de 74 milhões de euros no BPN e Duarte Lima devia quase 6 milhões de euros quando foi detido em Novembro do ano passado.

Ø

Notícia da comunicação social, dia 29 de Abril de 2012

Ø

ÁLVARO SANTOS PEREIRA – ESTAMOS NO BOM CAMINHO (em direcção ao abismo…e depressa)

Ø

O ministro da Economia defende que Portugal está “no bom caminho”.

Em declarações aos jornalistas no Palácio da Ajuda, Álvaro Santos Pereira não quis alongar-se em declarações sobre os dados do Boletim de Primavera, revelados ontem pelo Banco de Portugal, mas assegurou que Portugal está na trajectória correcta e que “estamos a fazer as reformas que precisamos de fazer”.

Ø

Ø

Declarações à comunicação social, dia 30 de Março de 2012

Ø

O Rendimento Nacional Bruto caiu, em termos nominais, 1,3% em 2011, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O valor supera a contracção do PIB.

O RNB representa a fatia da produção que fica em solo nacional, ou seja, é igual ao PIB menos os juros, dividendos e lucros de investimentos que todos os anos saem de Portugal para remunerar os capitais que o estrangeiro investiu cá dentro.

A quebra do RNB, de 1,3%, é superior à redução do PIB, que não terá ultrapassado 1%. Estes valores são nominais, já que o INE não descontou o impacto da variação dos preços. Se este valor tivesse sido levado em conta, ambas as variáveis teriam afundado mais.

A explicação para o recuo mais acentuado do Rendimento Nacional está na degradação da balança de rendimentos, que é a diferença entre rendimentos recebidos e rendimentos pagos ao exterior. Ambos os fluxos caíram, mas o primeiro fê-lo de forma mais pronunciada.

Ø

Notícia da comunicação social, sobre os êxitos do Governo de Álvaro ( “chamem-me só Álvaro”) Santos Pereira em termos de PIB/RNB, dia 30 de Março de 2012.

Ø