DISSIDENTE-X

Posts Tagged ‘AGRICULTURA

CAVACO SILVA, UM PRESIDENTE COMPLETAMENTE INCOMPETENTE PARA OCUPAR O CARGO E QUE É UM EMBARAÇO E UMA VERGONHA PARA OS PORTUGUESES (O CDS e o PSD tem que ir embora)

Ø

Ø

É inacreditável como pode ser tão medíocre e incompetente a pessoa que ocupa o cargo de Presidente da República.

Este senhor é uma profunda vergonha e um embaraço enorme para qualquer português.

A desonestidade intelectual e política deste senhor são perfeitamente repugnantes.

Ø

Ø

“Numa altura em que urge criar riqueza no país e gerar novas bases de crescimento económico, é necessário olhar para o que esquecemos nas últimas décadas e ultrapassar os estigmas que nos afastaram do mar, da agricultura e até da indústria, com vista a produzirmos, em maior gama e quantidade, produtos e serviços que possam ser dirigidos aos mercados externos”, defendeu.

Ø
Notícia da comunicação social,sobre as afirmações de uma pessoa totalmente indigna de ocupar o cargo que ocupa, dia 21 de Novembro de 2012

Written by dissidentex

23/11/2012 at 11:37

Publicado em CAVACO SILVA

Tagged with

DOHA ROUND: TARIFAS SOBRE A AGRICULTURA E OS SERVIÇOS VÃO BAIXAR

Fonte: MercoPress

DOHA ROUND

  • As negociações pararam porque a Europa não pode aceitar destruir a sua agricultura.

“We are committed to seek an ambitious and balanced conclusion to the Doha Development Round in 2010, consistent with its mandate, building on the progress already made, including with regard to modalities”, said the joint declaration.

“We are committed to advance reform processes in international organisations, including the UN, to reflect contemporary reality and challenges thus enhancing their relevance, legitimacy and efficiency”.

G8 countries also agreed to some of the major demands made by the G5 countries on tackling the present global economic crisis. “

“We have acted more forcefully and cooperated more fully than in any earlier economic crisis. We are fully committed to implementing rapidly the Washington and the London summit decisions, including those to strengthen financial regulation and reform International Financial Institutions (IFIs), and to provide them with adequate resources”.

  • Ficar tudo na mesma parecendo que não.

A strong commitment towards reforms in international financial and other institutions was also included. It said that all participating countries would refrain from competitive devaluations of currencies and promote a stable and well-functioning international monetary system.

  • Manutenção dos actuais problemas.

In a statement issued before the MEF meeting, the EU said that concluding the Doha Round was a question of ”political credibility” and represented ”the best remedy” to protectionist temptations.

  • Uma posição incompreensível da Europa.