DISSIDENTE-X

Posts Tagged ‘BLOGS

A JUVENTUDE POPULAR E OS BLOGS

leave a comment »

No sábado, dia 14 de Setembro de 2008, o senhor Paulo Portas, fez um comício em Aveiro onde disse umas coisas irrelevantes e absurdas relacionadas com assuntos sérios. Racismo, populismo, demagogia foram os pratos normais que o senhor serviu a uma sala cheia de militantes, clientes, e demais efebos do mesmo estilo.

A seita que serve de suporte ao senhor Paulo Portas, chama-se CDS-PP – secção Juventude ambiciosa popular; decidiu tentar medir a influência do discurso pateta e idiota do senhor Portas na segunda feira imediatamente a seguir, o dia 15 de Setembro.

Objectivo: verificar se as “massas” estão preparadas para abraçarem a intensa estupidez e o troca tintismo político-social desprovido de qualquer projecto político sério inerentes a tudo o que o senhor Portas diz e faz.

Lançaram-se pela blogosfera dentro em busca de reacções. E chegaram a este tugurio infecto e bolorento que dá pelo nome de Dissidente-x. E chegaram a um artigo simpático que eu e aquela lasca bonitona do PS que dá pelo nome da Ana Gomes escrevemos e publicamos no dia 5 de Março de 2008, intitulado “Paulo Portas visto pelos olhos de Ana Gomes.

As seitas caracterizam-se por verificarem qual é o impacto que tem junto dos que esperam vir a ser seus seguidores e portanto vigiam o ambiente onde julgam que os seus potenciais recrutas vivem.

Os métodos das seitas são os mesmos que o partido comunista – curiosamente – tem por hábito utilizar.

No dia 14 de Setembro 2008, eram constantes as entradas nesta cloaca provindas de endereços de email. Eram os “juventudes ambiciosos populares “a comunicarem entre si a existência de um espírito adverso que tinha feito um artigo sobre Paulo Portas. E ainda por cima – ò herege comuna ( todos os que são contra o CDS tem que ser comunas…) – um artigo completamente desfavorável ao Messias Portas.

Será que isto representa para os membros da seita que usam os mesmos métodos do pcp, o inicio do sinal de que o senhor Portas não tem boa imagem na opinião pública e estes senhores estão a tentar perceber isto e começarem a abandonar o barco?

Ou apenas representa os sentimentos de vigilância e paranóia da perseguição que os caracteriza?

Já lá dizia um velho conhecido meu: “Nunca se sabe quando de uma reles toca não irá sair um belo coelho”. De um artigo que já estava morto e que quase ninguém leu na altura em que eu o inseri no blog, tem-se 57 visitas no dia 14 de Setembro 2008, presumívelmente 57 “populares” em busca do inimigo…

Já no dia 15 de Setembro de 2008, a ida até ao santuário dissidente-x de nossa senhora de Fátima em busca de um demónio para sublimar continuava com 58 visitas ( tirei a fotografia à imagem ainda com 57) relacionado com este mesmo assunto.

De qualquer forma estou surpreendido. Uma seita que tem 115 membros já é uma seita com um tamanho considerável.

Aliás, correcção: 115 menos 30. Fonte: Quiosque AEIOU dia 28 de Julho de 2008

Também é engraçado verificar que o partido de militantes que se acham ser detentores de uma ética superior a quaisquer outros partidos (na ideia dos próprios) tenha como objectivo político não fazer quaisquer criticas ao Bloco de esquerda pelo facto do BE ter inventado uma vigarice que desprestigia o cargo de deputadoa rotatividade – mas sim, chegar ao patamar em que se faz o mesmo que o BE…e dizer que isso é bom…

De facto o CDS-PP é uma seita… com rituais e cultos muito próprios e originais: imitar o BE.

Advertisement

Written by dissidentex

19/09/2008 at 10:41

LIVRO BLOGS PROÍBIDOS – o bom Marketing da capa.

leave a comment »

SEGUNDA PARTE pode-se encontrar – blogs Proibidos – o conteúdo.

Como cheguei ao conhecimento de um livro; agora republicado e reescrito após texto por mim feito num outro blog há perto de um ano atrás.

Este artigo (Uma parte hoje, outra amanhã) é dividido em duas partes.

A primeira parte do texto é sobre publicidade. A segunda parte é sobre o livro e o seu conteudo propriamente dito.

Uma imagem bem produzida pode ajudar imenso a vender um produto. Neste caso um livro. Compare-se algo bem feito em termos de conceito, e de design, perfeitamente adaptado ao produto e compare-se com a generalidade do que se vê por aí.

Esta imagem ao lado foi retirada, do blog “Marketing de Busca – o senhor SEO.

(Publicidade Lateral: à vontade, mas à vontade, um dos 10 melhores blogs portugueses em termos de conteúdo )

Há perto de um ano atrás ( 16/17 Julho 2007) entrei no Marketing de Busca. Posteriormente estava com este aspecto. Inicialmente (imagem em baixo) onde estava o logotipo verde “Especial presidência europeia” estava a imagem “blogs proibidos”.

Quando entrei com este formato que se vê ao lado – a imagem do livro colocada no lado direito do blog; chamou-me imediatamente à atenção. Porque a imagem é (era) extremamente forte – esta imagem vale pelo menos 500 exemplares vendidos mesmo que o conteúdo do livro não valha nada.

Quem desenhou isto pensou muito bem na concepção de capa. Existem duas referencias poderosas nesta capa: o adesivo vermelho e a palavra blogs escrita a branco, bem como a conjugação das cores, destas duas cores, que é extremamente poderosa.

O adesivo vermelho simboliza censura e está colocado em forma de “x” para simbolizar impedimento de falar, liberdade ameaçada… É um vermelho suficientemente carregado para chamar à atenção e suficientemente discreto para não ser berrante e cortar o efeito.

A palavra a branco ( blogues) é a segunda mais poderosa imagem na capa/logotipo. Precisamente porque, como está colocada em contraste num fundo castanho/bordeaux sobressai mais.

A expressão “proibidos” consegue-se perceber também. Devido a quem escolheu a “Fonte” das letras ter escolhido algo de muito miudinho, mas suficientemente visível e que não colide em contraste (suponho que a ideia era essa) com os outros aspectos da capa.

O colarinho branco tem várias funções: associar o blogger ( proibido, censurado, perseguido), a alguém “novo”, “profissional das novas tecnologias”, dinâmico, etc, indicando, na realidade, qual o alvo demográfico/de público, da edição do livro, (embora obviamente existam bloggers muito mais velhos, note-se). Tem ainda outra função adicional: também serve de contraste; colocar uma segunda parte de branco, que assim não torna toda a capa aos olhos de quem vê demasiado escura, logo mais invisível e “cinzenta”.

Esta capa é muito boa porque é muito, mas muito poderosa como imagem. Eu, que sou uma das pessoas mais adversas à publicidade e à imagem e normalmente vejo o que se quer e rejeito, em relação a perceber o que quer ser-me vendido ou não, confesso que cai imediatamente nesta.

Ao entrar no blog Marketing de busca, disparei imediatamente, para a caixa de comentários ao lado da anterior colocação desta imagem.

E inseri um comentário perguntando ao António Dias, qual era a razão de ser da imagem, alguma campanha a favor da liberdade de bloggers, etc.

Nem sequer carreguei em cima da imagem. O enorme poder de atracção da imagem levou-me directo à caixa de comentários pensando que era algo novo lançado pelo blog Marketing de Busca ou alguma campanha a que o blog tinha aderido.

Era algo de novo, só não aquilo que eu pensava. Mas o efeito estava atingido. A imagem captou a minha atenção.

Sob o ponto de vista publicitário esta imagem passa com distinção. Num mundo de capas banais, cheias de Margaridas Rebelos Pintos na capa com ar sonhador de quem pensa em caixas registadoras; aqui optou-se por criar uma imagem poderosa, sóbria, extremamente apelativa, que, caso o conteúdo do livro valha menos que a imagem, mesmo assim garante que as pessoas, algumas, de certeza, comprarão e/ou abrirão o livro, ou falarão dele, etc.

É uma imagem – também – extremamente “aproveitadora” da situação actual – é o que se chama uma venda de oportunidade( à época) aproveitando a situação que se vivia em Portugal, na Blogosfera, com dois blogs e um jornal processados por delitos de opinião.

O mais espantoso desta imagem, é outro pormenor que aconteceu comigo. Normalmente são as imagens colocadas à esquerda de quem vê, especialmente num ecrã de computador, as mais “olhadas” em primeiro lugar e as mais vistas – as que chamam imediatamente a atenção.

Contudo esta imagem era tão poderosa que quando estava colocada no lado direito do Marketing de Busca (1º imagem em cima) conseguía ainda ser mais poderosa do que colocada no meio do Blog. Porque a imagem colocada sozinha – em qualquer ponto – é assassina. É um “assassino em série de marketing. Lembra aquelas arvores que secam tudo ao seu redor.( Tanto que o António Dias depois mudou-a naquela altura…e actualmente já não está lá obviamente…)

Já aqui nesta imagem da capa do livro, verifica-se que apesar da capa completa ser mostrada alguma da força da imagem lá em cima – naquele contexto específico – se perde. ( O que quer dizer que esta imagem de capa ainda é mais forte colocada entre quaisquer outras imagens)

Precisamente pela colocação de texto entre o titulo em branco/bordeaux “blogues proibidos”e a definição dos blogs em questão. Contudo ainda existe “poder” de atracção nesta capa. Quem a fez teve o extremo cuidado e rigor de seguir a linha de cores ou seja, repetir o branco, o vermelho e o bordeaux entrelaçados com uns sinais de “proibido”, mais um delicioso pormenor que faz logo perceber que a pessoa que fez esta capa, tem elevado sentido estético e faz associar estes sinais ao título/conteúdo do Livro.

Amanhã: Blogs Proibidos – o conteúdo.

Written by dissidentex

24/07/2008 at 7:43