DISSIDENTE-X

Posts Tagged ‘DÍVIDA DA MADEIRA

ALBERTO JOÂO JARDIM ADERIU AO BLOCO DE ESQUERDA

«”Dá a impressão que cada um de nós está reduzido a uma parcela orçamental, está reduzido a uma parcela da manipulação dos números e em que a vida dos países não está centrada sobre aquilo que é fundamental, que é a dignidade e as necessidades da pessoa”, afirmou o chefe do Executivo madeirense.»

Não contem comigo para esses jogos de dinheiro, em que o dinheiro não é posto ao serviço dos cidadãos, em que o dinheiro não é posto pela banca ao serviço das pequenas e médias empresas, em que o dinheiro anda a dominar o Estado”.

Ø

 Alberto João Jardim, declarações à comunicação social, dia 01 de Outubro de 2011

Ø

AS DÍVIDAS DA MADEIRA – OS MONTANTES DA FESTA ( até ao momento…)

* “O Tribunal de Contas está a investigar um novo buraco de 220 milhões de euros nas contas da Madeira. Esse é o montante de um recente empréstimo contraído pela Empresa de Electricidade que o governo de Alberto João Jardim desviou para pagar despesas de funcionamento.”

Ø

Notícia da comunicação social, dia 20 de setembro de 2011

Ø

A confirmar-se o desvio de 220 milhões de euros de uma empresa pública regional para despesas correntes – depois de o INE e Banco anunciarem uma “dívida oculta” de 1113,3 milhões e de a troika ter apurado uma derrapagem de 568 milhões – eleva-se a um total de 1891,3 milhões o “buraco” da Madeira, não incluindo o montante de dívidas não facturadas também por apurar. Corresponde a 115,3% do orçamento madeirense para o ano de 2011 (1632 milhões) e a 35,8% do PIB regional (5280 milhões).

Ø

Notícia da comunicação social, dia 20 de setembro de 2011.

Ø

* Capa do jornal Público do dia 13 de setembro de 2011

A DÍVIDA DA MADEIRA E O BOM EXEMPLO SEGUNDO CAVACO SILVA

Cavaco traça rasgados elogios a Alberto João Jardim

O presidente da República, Cavaco Silva, terminou esta noite a visita à Madeira com rasgados elogios a Alberto João Jardim, considerando que o presidente do governo regional é «uma referência incontornável».

Ø

Cavaco Silva, declarações à comunicação social, dia 20 de abril de 2008.

Ø

Ø

Cavaco e PGR conheciam “dívidas ocultas” na Madeira

Cavaco Silva mostrou-se então muito preocupado com o endividamento da região, confirmam ao PÚBLICO deputados madeirenses que integraram as delegações nacionais.

A “grave” omissão de dívidas, que a Procuradoria-Geral da República vai mandar analisar, era também do conhecimento dos representantes do Ministério Público junto da secção regional do Tribunal de Contas (TC) da Madeira. Estes magistrados, designados para o efeito pelo procurador-geral da República, participam nos plenários que aprovaram os relatórios de autorias e os pareceres à conta da região, tendo assinado inclusive os documentos em que aquela instituição, desde que deixou de julgar para emitir parecer sobre conta, denuncia tais infracções financeiras e aponta a respectiva sanção.

Desde pelo menos 1990 que o governo madeirense esconde dívidas. Na apreciação à conta relativa àquele ano, o TC detectou um “défice oculto” de 4,6 milhões de contos (23 milhões de euros).

Ø

Notícia da comunicação social, dia 19 de setembro de 2011.

Ø

A DíVIDA DA MADEIRA E O BOM EXEMPLO PARA O PAÍS

A líder social-democrata, Manuela Ferreira Leite, afirmou hoje, no Funchal, que a Madeira é exemplo de um “bastião inamovível” e de “um bom governo do PSD”.

Ø

Manuela Ferreira Leite, declarações à comunicação social, dia 7 de setembro de 2009.

Ø

Ø

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, remeteu para o PSD-Madeira e o eleitorado regional o desafio hoje lançado por António José Seguro para que Pedro Passos Coelho retire a confiança política a Alberto João Jardim, devido à situação das contas na Madeira.

Ø

Pedro passos Coelho, inacreditáveis declarações à comunicação social, sobre uma fraude contabilística-criminal transformada em problema político…porque lhe convém sacudir a agua do capote…

Ø