DISSIDENTE-X

Archive for Dezembro 2010

JEAN CLAUDE TRICHET E A ESCRAVATURA

leave a comment »

O Presidente do banco central europeu produz mais uma dose de discurso neoliberal, desta vez destinado a Espanha.

Ø

Na caixa de comentários do Jornal existe a seguinte resposta: ” a escravatura parece suficiente ao senhor?”

Ø

Anúncios

OS SUPER RICOS E MILIONÁRIOS

leave a comment »

“Let me tell you about the very rich. They are different from you and me.”

“The Rich Boy,” by F. Scott Fitzgerald

Ø

Os super ricos e milionários, são verdadeiramente diferentes de si ou de mim.

Tendo em conta que são – alguns deles – profundamente psicopatas, tal permite-lhes retirarem-se dos normais constrangimentos relacionados com a ganancia e o egoísmo que a sociedade impõe a todos nós.

Possuem além disso uma h$bilid$de tremend$ para adquirir apoio político, e dessa forma, conseguir comprar exércitos inteiros de propagandistas e cortesãos.

Ou cidadãos pomposos que querem uma sinecura corporativa.

Ø

Mesmo os que não são psicopatas, são apenas oportunistas que decidiram trair o resto da população.

E todos eles não possuem pátria, nem a sentem, e aquilo que consideram ser a sua única casa é o dinheiro que tem.

O NEOLIBERALISMO EM VERSÃO COMUNISTA

leave a comment »

Na Albânia, quando o país era governado por um regime comunista, à mais de 30 anos atrás, os dirigentes da ortodoxia albanesa, diziam ao povo albanês que os carros de serviço; Mercedes de marca alemã do ultimo modelo na altura, que compravam ao Ocidente para viajarem pelo país, eram os carros mais pequenos e mais simples que se produziam no Ocidente.

O povo albanês era assim enganado, porque não sabia verdadeiramente o que se passava fora das suas fronteiras.

Ø

No livre Ocidente, 30 anos depois, um patrão inglês de uma empresa de Outsourcing ficou muito chateado por ter sido distribuído um folheto à porta da sua empresa explicando que ele era das pessoas mais bem pagas do país e que ganhava quase 10 milhões de libras por ano.

O senhor patrão explicou aos empregados – que ganham pouco acima do ordenado mínimo inglês – que apenas ganhava 770 mil libras por ano e trouxe consigo uma cópia das contas auditadas.

Que generoso da parte deste patrão em querer provar que apenas ganhava um pouco menos do que aquilo que era acusado de auferir.

No livre Ocidente, somos sempre informados que a versão do antigo comunismo se chama agora neoliberalismo e “mercado livre” e ganha um pouco menos.

Ø

Quando explicaram em 1789, à ultima rainha de França que o povo estava com fome, porque não havia pão, esta respondeu que, ” se não há pão, comam brioches”.

Written by dissidentex

03/12/2010 at 19:16