DISSIDENTE-X

ORGULHO DE PORTUGAL? CERTAMENTE QUE NÃO…

leave a comment »

Hoje é dia 19 de Junho de 2008, dia da toupeira e do morcego a voar de dia que apoiam a selecção nacional.

O meu pai trabalha numa empresa que necessita, desde há uns dois meses, de uma determinada profissional especializada numa dada área.

A gestora da empresa publicou anúncios de emprego procurando pela determinada pessoa com as características especificas necessárias para o trabalho em questão e que não são fáceis de encontrar.

Há uns 8 ou 9 dias respondeu uma pessoa ao anúncio. Uma rapariga relativamente jovem, à volta dos 30 anos. esta rapariga não tinha experiência mas respondeu na mesma. A ideia era a pessoa ficar lá um dia à experiência para que, os que já lá estavam, aferissem das qualidades da pessoa para a especificidade do trabalho.

A pessoa não ficou, porque não tinha qualificações, embora pedisse por tudo, desesperada, para ficar lá, dado estar a passar dificuldades económicas e ser por isso que tinha respondido ao anúncio de emprego.

Hoje é dia 19 de Junho de 2008, dia da toupeira e do morcego a voar de dia que apoiam a selecção nacional.

No dia 17 de Junho de 2008, surgiu outra pessoa a responder ao mesmo anúncio. Uma senhora de 60 anos de idade, desesperada pelo emprego.

A senhora não ficou, porque não possuía nenhumas qualificações para o emprego em questão, embora tivesse pedido muito para ficar porque estava desesperadamente a necessitar do emprego.

Possuindo a empresa um refeitório para se tomar as refeições, os empregados trazem as suas próprias refeições.

Causou muita impressão a quem lá estava o facto de esta senhora de 60 anos, ter almoçado, uma maça e um sumo.

Nada mais.

Isto é fome.

A pessoa que teve que tomar a decisão de não contratar a pessoa ficou bastante perturbado com isso, em face do que viu e pelo facto de ter efectivamente percebido que aquela senhora de 60 anos estava realmente com problemas sérios, a passar mal e com fome.

Foi colocado num dilema moral terrível.

Temos que sentir orgulho por vivermos numa sociedade que coloca dilemas morais terríveis como estes aos seus cidadãos e lhes diz que isso é bom?

Temos que sentir orgulho de um país que deixa os seus cidadãos nestas condições?

Hoje é dia 19 de Junho de 2008, dia da toupeira e do morcego a voar de dia que apoiam a selecção nacional.

No dia 18 de Junho de 2007, um cliente queria um fato de gala ( esta empresa produz roupa), feito à medida. Apareceu às 10 para as 6 da tarde ( a empresa fecha ás seis ) pedindo com urgência o fato de gala nesse mesmo dia, a estar pronto no dia seguinte.

A urgência do pedido devia-se ao facto de o senhor que requereu este fato de gala, ter que ir no dia seguinte, hoje dia 19 de Junho de 2008, até á Áustria para participar num acontecimento muito importante.

Um baile.

Temos que sentir orgulho por um país destes onde no espaço de 24 horas uma pessoa de 60 anos com fome coexiste com outra pessoa que vai até à Áustria participar num baile de gala?

Temos que sentir orgulho deste país em nome de quê?

Apenas sinto um virulento sentimento de desprezo e asco por um país que trata tão mal os seus cidadãos. Mas não todos os seus cidadãos.

Hoje é dia 19 de Junho de 2008, dia da toupeira e do morcego a voar de dia que apoiam a selecção nacional.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: